Vice-prefeito assume o comando da Prefeitura de Corumbá
Por André Farinha Publicado 1 de novembro de 2017 às 12:00hs
Iunes já foi vereador por três mandatos, sendo eleito vice de Ruiter na última eleição com 23.566 votos

Com a morte do prefeito Ruiter Cunha (PSDB), ocorrida na madrugada desta quarta-feira (1º), o vice-prefeito Marcelo Iunes (PTB) assumiu o cargo. A posse aconteceu durante a manhã, antes mesmo que tivesse início o velório de Ruiter. “Soubemos (oficialmente) do falecimento pelo secretário de Governo, já com o atestado de óbito. E o regimento interno da Câmara fala que eu tenho de declarar a vacância e imediatamente convocar o vice”, disse o presidente da Câmara de Vereadores de Corumbá, Evander Vendramini (PP), acrescentando que a posse é meramente obrigatória, não festiva.

“A cidade está chocada, nós estamos consternados (com falecimento de Ruiter). Ele tinha um relacionamento muito bom com a Câmara, muito positivo, focado no desenvolvimento da cidade”, destacou Vendramini, em entrevista a imprensa.

O novo prefeito de Corumbá, Marcelo Aguilar Iunes, tem 47 anos e é do PTB. Farmacêutico bioquímico, Iunes foi vereador por três mandados e tentou, em 2014, vaga de deputado estadual, ficando como primeiro suplente com 13.124 votos.

A cidade já está em luto oficial, com as repartições e órgãos públicos fechados, devendo retornarem ao expediente normal somente na segunda-feira (06), por conta do feriado prolongado desta semana.

O prefeito Ruiter Cunha tinha 53 anos e faleceu a 00h28min desta quarta-feira em decorrência de uma cirurgia cardíaca de emergência, realizada no Hospital Proncor de Campo Grande. Ele deixa a esposa e dois filhos.

Presidente da Câmara deu posse oficialmente a Marcelo Iunes (Foto: Diário Corumbaense)

Velório e sepultamento

O velório do prefeito Ruiter Cunha já está acontecendo no salão social do Corumbaense Futebol Clube, na avenida General Rondon. O corpo chegou na cidade por volta das 10h30min. O translado da Capital para Corumbá aconteceu por meio de um avião do Governo do Estado. O corpo chegou acompanhado de autoridades políticas, entre elas a vice-governadora Rose Modesto e o secretário de Estado de Saúde, Nelson Tavares. O sepultamento será no jazigo da família, no cemitério Santa Cruz.

As autoridades foram recebidas por familiares de Ruiter, secretários municipais, pelo comandante do 6° Distrito Naval, contra-almirante Luiz Octávio de Barros Coutinho, pelo comandante da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira,general de Brigada André Luiz Ribeiro Allão, pelo comandante do 3° Grupamento de Bombeiros Militar tenente-coronel André Delai Rufato.

Saindo do Aeroporto, o cortejo fúnebre passou por ruas como a Porto Carrero, Frei Mariano e pela avenida General Rondon, até chegar à sede social do Corumbaense Futebol Clube, onde acontecerá o velório.

Segundo as informações, os primeiros momentos do velório serão reservados para a família do prefeito Ruiter Cunha. Posteriormente, será aberto ao público. O sepultamento será no jazigo da família, no cemitério Santa Cruz, em horário e data que ainda serão confirmados.

Vereadores lamentaram a morte

Novo prefeito se emocionou e disse que vai dar continuidade ao trabalho de Ruiter (Foto: Diário Corumbaense)

Os vereadores de Corumbá lamentam com pesar o falecimento. Os parlamentares afirmaram que o falecimento de Ruiter foi uma enorme perda para a população corumbaense, e que foi, nos últimos tempos, uma das maiores lideranças da maior cidade pantaneira, tanto é que estava em seu terceiro mandato como prefeito de Corumbá.

“Foi com imenso pesar que recebemos a notícia do falecimento do prefeito Ruiter, com quem tivemos uma boa convivência nestes primeiros 10 meses do ano, sempre buscando o desenvolvimento de nossa cidade, o bem-estar da população”, afirmou o presidente da Câmara, Evander Vendramini.

O falecimento do prefeito foi lamentando também pelos vereadores Gaúcho da Pró-Art, Yussef Salla, Rufo Vinagre, Manoel Rodrigues, Tadeu Vieira, Luciano Costa, Paulo Bertini, Baianinho Bira, Dr. Domingos, Roberto Façanha, Gabriel Alves de Oliveira, Chicão Vianna e André da Farmácia.