Solenidade marca 100 anos do 1º BPM e passagem de comando
Por Redação Publicado 2 de junho de 2017 às 15:28hs

Cerimônia realizada na manhã desta sexta-feira (2) no auditório da UEMS marca os 100 anos do 1º Batalhão da Polícia Militar – 1º BPM. Na mesma solenidade, foi realizada a passagem de comando da unidade, do Tenente Coronel Márcio para Tenente Coronel Mário Ângelo Ajala.

A solenidade com a presença de várias autoridades da segurança pública o Secretário da Pasta, José Carlos Barbosa, Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Waldir Ribeiro Acosta, Subcomandante Geral da Polícia Militar Coronel Escalhar, Comandante do Policiamento Metropolitano Coronel Tolentino e demais comandantes de unidades da PM e Comando Militar do Oeste – CMO, General-de-Brigada Eduardo Paiva Maurmann e autoridades civis.

No evento personalidades que fazem para da história não só do Batalhão, mas da Polícia Militar de MS foram homenageadas, dentre as quais o Secretario de Segurança, Comandante Geral, Subcomandante Geral, Chefe de Estado Maior e Deputado Coronel Davi. Ao 1º ex comandante do 1ºBPM Coronel Joféli, a Tenente Coronel Regina, única mulher a comandar um Batalhão na história da PM de Mato Grosso do Sul e além dos quatro últimos ex comandantes da unidade.

Foram entregues homenagens aos prefeitos de Terenos, Sidrolândia, presidentes das câmaras Municipais e presidentes dos Conselhos de Segurança, assim como homenageados com surpresa como o Sargento PM PIRES e sua esposa Sonia Pires. Policiais que foram para a Reserva entre 2016 a 2017 e todo o efetivo do 1º BPM receberam medalha alusiva ao centenário da unidade.

Em discurso emocionado o Tenente Coronel Mario Ângelo Ajala – Ajala – falou da realização de seu sonho de juventude, ser Comandante 1º BPM. Ajala começou carreira na Polícia Militar como soldado, saindo oficial após concurso e curso na Academia de Polícia Milita do Estado de São Paulo. A cerimônia foi encerrada com uma homenagem surpresa pela Banda de Música da corporação com o hino do time de coração de Ajala, o Corinthians.