Senadores do MS votaram pelo fim do foro privilegiado
Por Redação Publicado 27 de abril de 2017 às 14:49hs

Os três senadores de Mato Grosso do Sul, Simone Tebet, Waldemir Moka e Pedro Chaves votaram pelo fim do foro privilegiado para ocupantes de mandatos eletivos. “O foro privilegiado serve para defender as ideias, não para proteger fulano se assassinou alguém”, afirmou Moka ao justificar o seu posicionamento.

O senador Waldemir Moka se colocou favorável a extinção do foro privilegiado para crimes comuns no país. O senador lembrou que o foro foi criado para defender os parlamentares das perseguições das ditaduras.

“A bancada de MS está unida nessa causa”, afirmou o senador Pedro Chaves (PSC) ressaltando que não existe mais motivos para se manter o foro privilegiado no Brasil. Já a senadora Simone Tebet (PMDB) defende que o foro deveria ser mantido para os representantes máximos de poderes e instituições.

por Laureano Secundo