Seleção Brasileira enfrentará o México nas oitavas de finais da Copa do Mundo
Por André Farinha Publicado 27 de junho de 2018 às 16:49hs

A Seleção Brasileira conquistou a vaga para às oitavas de finais de da Copa do Mundo. Em partida na tarde desta quarta-feira (27), o Brasil venceu a seleção da Sérvia por 2 a 0 num jogo morno, de poucas chances reais de gols. Ainda muito abaixo do que se espera, o time canarinho fez valer o peso de sua camisa e terminou na primeira posição do Grupo E e agora vai enfrentar o México, já nesta segunda-feira (02), às 10 horas (MS). A derrota eliminou a Sérvia, a outra vaga da chave ficou com a Suécia, que empatou com a Costa Rica em 2 a 2, e agora vai enfrentar a Suécia, na terça-feira (03), às 10 horas (MS).

A classificação brasileira foi na raça. Após decepcionar contra a Suíça, no jogo de estreia, quando empatou em 1 a 1, o time venceu a Costa Rica, por 2 a 0, na rodada seguinte, e chegou à terceira rodada precisando de um empate para confirmar a vaga. Com os dois gols de hoje, o Brasil encerra a fase de grupos com 77,8% de aproveitamento, marcando cinco gols e sofrendo apenas um.

No jogo de hoje, Marcelo precisou ser substituído ainda aos 10 do primeiro tempo. O jogador sofreu um espasmo na coluna em uma tentativa de arrancada, foi medicado e agora vai se juntar aos colegas Douglas Costa e Danilo, que também se lesionaram durante a preparação e a Copa do Mundo. Outros dois pontos que merecem destaques: Gabriel Jesus segue sem marcar e Neymar não caiu por simulação na partida de hoje.

O jogo

A Sérvia precisa vencer para conseguir a classificação, mas não demonstrou isso dentro de campo. Os europeus foram pouco ofensivos e praticamente assistiram aos brasileiros jogarem.

O primeiro gol saiu no primeiro tempo. Coutinho achou Paulinho, livre, avançando à área. O volante esticou o pé e tocou na saída do goleiro, balançando as redes.

Com o time mais alto do Mundial, a Sérvia apostava unicamente em jogadas aéreas, mas faltou sorte e talento para uma finalização eficaz.

O segundo gol aconteceu no segundo tempo. Neymar bateu o escanteio e Thiago Silva subiu para fechar o placar.

Um ponto para a Costa Rica

Ao mesmo tempo em que acontecia o duelo entre Brasil e Sérvia, a Suíça enfrentava a Costa Rica e o jogo terminou empatado após os europeus ficarem na frente no marcador por duas vezes.

Já eliminados, os costa-riquenhos deram trabalho para os suíços, que saíram na frente com Dzemaili, em meio a uma enorme pressão imposta pelos adversários. Já no segundo tempo, Waston  empatou o jogo, mas Drmic  deixou a Suíça com a vantagem, aos 42 minutos.

O gol de empate veio em cobrança de pênalti bastante ‘engraçada’. Bryan Ruíz chutou e a bola acertou o travessão, batendo, em seguida, nas costas do goleiro Sommer e entrando.

No jogo, um lance chamou a atenção. Dois minutos antes do pênalti que resultou em gol, o juiz francês Clement Turpin havia marcado outro pênalti, este de Ricardo Rodríguez em Bryan Ruíz. No entanto, ao consultar o árbitro auxiliar de vídeo, cancelou a penalidade. Para os comentaristas, a falta existiu.

Com os resultados, o Brasil terminou a primeira fase na primeira colocação, com sete pontos. A Suíça ficou em segundo, com cinco, seguida da Sérvia, com três, e da Costa Rica, com apenas um ponto.