Seleção Brasileira de tênis de mesa viaja para período de treinamento e competição na Europa
Por Redação Publicado 13 de março de 2015 às 12:23hs

bruna_alexandre_chinacrop (2)

 A Seleção Brasileira paralímpica de tênis de mesa encerrou neste sábado passado, 7, sua preparação para o início da temporada-2015, conquistando todos os títulos possíveis na primeira etapa da Copa Brasil de 2015, disputada no Clube de Campo, em Piracicaba (SP). Foram dez ouros, duas pratas e um bronze.

Na terça-feira, 10, a Seleção embarcou para a Europa, onde treinou por cinco dias em Sheffield, Inglaterra, e, na sequência, disputará o Aberto de Lignano, tradicional evento realizado na Itália.

Dos 15 atletas que fazem parte da Seleção, apenas Ronaldo Souza (classe 2), por questões médicas, não esteve em Piracicaba. Todos os demais subiram ao pódio na Copa Brasil.

Entre os cadeirantes, Cátia Oliveira (Associação Nova Era-SP) levou o ouro na classe 2 ao bater na final Carla de Azevedo (AABB Brasília/Rizzone-DF) por 3 sets a 0 (17/15, 12/10 e 11/6), recuperando-se do revés que havia sofrido para a adversária na fase de grupos.

Na classe 4, Joyce Oliveira (AACD São Paulo-SP) ficou com o título após derrotar Renata Benevides (ADFEGO Goiás-GO) por 3 a 1, parciais de 11/3, 11/13, 11/7 e 11/4.

No masculino, a classe 1 teve dois atletas da Seleção no pódio, ambos da AABB Brasília/Rizzone (DF). Aloisio Lima venceu Conrado Contessi (FME Criciúma/Yasaka-SC) por 3 a 0 (11/8, 11/4 e 11/7) e foi campeão, enquanto o bronze foi para Bruno Braga.

“É muito importante estar aqui, é sempre uma preparação. Em um torneio, passamos pelas mesmas situações que viveremos lá fora. Quanto mais competições nacionais, melhor. É fundamental para a preparação psicológica. O físico está em dia, muito bem feito. Viver cada vez mais o dia a dia de competição pode ajudar muito”, avaliou Aloisio.

Na classe 2, a final foi disputada entre companheiros de Seleção. Guilherme Costa (Associação Esportista Lassalista-AM) venceu Iranildo Espíndola (AABB Brasília/Rizzone-DF), de virada, por 3 sets a 1, parciais de 10/12, 11/7, 11/5 e 11/3.

Nas categorias andantes, Bruna Alexandre (São Caetano/Seest/Xiom-SP) e Carlos Carbinatti (FranTT Piracicaba-SP) conquistaram os primeiros títulos do dia, na classe 10. Já a classe 9 feminina teve dobradinha. Danielle Rauen (FranTT Piracicaba-SP) levou o título ao superar Jennyfer Parinos (Santa Cecília/LSTM/Saldanha da Gama-SP) em um jogo emocionante, definido apenas no quinto set: 3 a 2 (11/9, 10/12, 11/5, 10/12 e 11/8).

“Como será meu primeiro torneio na classe 9, dei um salto muito grande de qualidade técnica nesse início de ano graças ao Paulo Camargo e a todos que treinam comigo. Espero fazer uma boa parceria com a Jennyfer, chegar ao pódio por equipes e no individual. Quero subir no ranking para ir bem para o Parapan-Americano no Canadá e conquistar a vaga para 2016”, disse Danielle.

Paulo Salmin (Associação Nova Era-SP), que neste sábado também participou do Desafio Internacional Paralímpico, foi campeão na classe 7 masculina com vitória por 3 a 0 (11/3, 11/8 e 11/4) sobre Felipe Formetin (FME Criciúma/Yasaka-SC).

A classe 8 teve mais uma final entre companheiros de Seleção. Luiz Filipe Manara (FranTT Piracicaba-SP) levou a melhor sobre Israel Stroh (Santa Cecília/LSTM/Saldanha da Gama-SP) – 3 a 1 (5/11, 12/10, 11/6 e 11/6) – e ficou com o título.

Prestes a disputar sua primeira competição oficial pela seleção, Diego Moreira (FranTT Piracicaba-SP) faturou o ouro na classe 9 ao superar Guilherme Ifanger (Centro Social Chinês de São Paulo/Indaiatuba-SP) por 3 a 1 (16/14, 4/11, 11/4 e 11/6).

Logo_CPB_CMYK

FONTE LINK:
Seleção Brasileira de tênis de mesa viaja para período de treinamento e competição na Europa

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!