Sas promove oficina com entidades para discutir lei que trata de repasses de recursos
Por Ariel Moreira Publicado 19 de abril de 2017 às 16:37hs

Representantes de entidades da Organização Sociedade Civil de Proteção Básica, Proteção Especial de Média e Alta Complexidade, de defesa e garantia de direitos humanos participam de Oficina de Cofinanciamento  promovida pela Secretaria de Municipal de Assistência Social (SAS). O encontro, coordenado pela Superintendência e Gestão do Sistema Único de Assistência Social, começou hoje (quarta-feira) e encerra nesta quinta-feira (20.04).

Durante a Oficina diretores, presidentes e técnicos das entidades serão orientados sobre questões referentes a prestação de Contas, Marco Regulatório e vigilância.  A intenção é trocar conhecimentos sobre o repasse de recursos a essas entidades e, consequentemente, acelerar esse processo.

A secretária Municipal de Assistência Social, Maria Angélica Fontanari, destaca a importância do encontro para orientação dos representantes das entidades, lembrando que esse é mais uma oficina realizada para tratar do processo dos repasses para as entidades. “Já fizemos uma capacitação em 18 de março sobre o plano de trabalho e percebemos que a dificuldade das entidades está principalmente na adequação ao Marco Regulatório, que é um novo processo. Até o ano passado o processo de repasse era feito de uma maneira e a partir de 2017, com a Lei 13.019 de 2014 que entrou em vigor dia 1° de janeiro todas as entidades tiveram que se adequar a esta Lei”, comenta Maria Angélica.   A secretária complementa que o repasses  de recursos depende da documentação exigida estar em dia.

Presente à Oficina, a assistente social do Instituto Sul-mato-grossense para Cegos (ISMAC), Renata Teixeira avalia que as oficinas oferecidas pela SAS são de grande relevância para o terceiro setor. “Com as informações detalhadas temos a possibilidade de compreender melhor as regras e assim podemos falar a mesma língua e nos ajudarmos mutuamente nessa parceria tão importante”, concluiu.

Fonte:PrefeituraCG