Rede universitária quer investir na educação em Campo Grande
Por Redação Publicado 14 de março de 2017 às 15:55hs

Reconhecida nacionalmente por sua qualidade educacional, a Unicesumar, que está entre os 4% das melhores instituições de ensino do país, pretende ampliar suas atividades em Campo Grande. O centro de ensino, que possui dois polos EAD (Ensino a Distância) na Capital, quer se instalar de vez aqui, construindo um conglomerado de ensino.

Para isso, o reitor da Unicesumar, Wilson de Matos Silva, esteve reunido com o prefeito Marquinhos Trad, na tarde desta segunda-feira (13), para mostrar o projeto que o grupo pretende executar em Campo Grande.

O prefeito se mostrou empolgado com a estrutura. O grupo está há 26 anos na área da educação e compõem os 10 maiores do Brasil. Com um projeto de expansão iniciado há 5 anos, contam hoje com cerca de 80 mil alunos no ensino presencial e a distância, distribuídos em mais de 100 polos em todo o território nacional e nos campi de Maringá, Ponta Grossa, Londrina e Curitiba. O projeto é estar com mais de 250 polos implantados até 2017 e chegar a 180 mil alunos até 2020.

Em Campo Grande, a área que deverá ter entre 2 e 3 hectares, vai começar com 10 cursos superiores, que poderão abrigar cerca de 3 mil alunos. O investimento inicial em estrutura, equipamentos e promoção à pesquisa e ao ensino será de cerca de R$ 30 milhões.

Para o prefeito, a vinda do grupo para a Capital, mostra a credibilidade que a cidade está conseguindo retomar com os investidores “A gente vê como fator de credibilidade a vinda do melhor centro educacional do Sul do Brasil para cá. Com a vinda da Unicesumar fortalece a nossa educação e amplia o nosso mercado de trabalho”, salientou o prefeito.

O reitor da Unicesumar, Wilson de Matos Silva, contou ao prefeito que o centro universitário se destaca como o melhor do sul do país. “Na última avaliação do MEC, a Unicesumar manteve IGC 4 (Índice Geral de Cursos, de uma escala de 1 a5). Resultado obtido por seis anos consecutivos”, frisou.

O reitor ainda frisou que a grande missão da universidade é promover a educação de qualidade nas diferentes áreas do conhecimento, formando profissionais cidadãos que contribuam para o desenvolvimento de uma sociedade justa e solidária.

“Investimos em estruturas modernas e acolhedoras em nossos campi para propiciar a pessoas das mais diferentes nacionalidades, interesses e culturas, um ambiente fértil para o desenvolvimento de competências e habilidades, o enriquecimento cultural, a troca de experiências e a formação de vínculos sociais e afetivos. Para nós, a Educação é a chave para uma sociedade próspera e moderna, agente de transformação e desenvolvimento profissional e humano”, finalizou.

Estudo de viabilidade
O grupo está procurando diversas áreas em Campo Grande para instalar o novo campi. Entre as regiões procuradas estão a saída para São Paulo, Cuiabá, Aquidauana/Corumbá, e mesmo a área central.

Para o corretor de imóveis Thiago Domingues Nogueira, da NNG Construtora, a vinda de um grupo nacional desta magnitude para Campo Grande colabora no desenvolvimento local. “O entorno de onde vai ser construído o campi vai ser muito valorizado, tanto na questão imobiliária, como no desenvolvimento do comércio, e por consequência de empregos diretos e indiretos. tudo tende a crescer junto com o empreendimento em si”, garantiu.

Fonte: MS Noticias/Por: Jhoseff Bulhões, com assessoria