Prefeitura licita sinalização e lança edital do recapeamento da Bandeirantes
Por Redação Publicado 24 de julho de 2018 às 14:07hs

Se não houver entraves burocráticos no processo de licitação, em outubro a Prefeitura de Campo Grande planeja iniciar o recapeamento da Avenida Bandeirantes, em continuidade a implantação do corredor sudoeste do transporte coletivo, que o Exército está executando nas Ruas Guia Lopes, Brilhante e Marechal de Deodoro. Nesta nova etapa, serão investidos em drenagem, recapeamento, calçada com piso tátil e acessibilidade,  além da sinalização viária,  R$ 9.537.967,04, sendo 74% do  recurso de um  financiamento do PAC Mobilidade Urbana e 26% (R$ 2,4 milhões) de contrapartida da Prefeitura.

Nesta terça-feira (24) foi publicado no Diário Oficial, o edital da licitação do projeto de sinalização com o preço de referência fixado em R$ 775.051,37. As propostas das empresas participantes serão abertas no próximo dia 24 de agosto. Até sexta-feira, segundo a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos, será publicado o edital das obras de drenagem e recapeamento (lote 1) e lote 2 (instalação de semáforos).

Só as obras de infraestrutura estão orçadas em R$ 8.762.915,67. O projeto prevê a implantação de 2,5 quilômetros de drenagem e o recapeamento de quase 4 quilômetros de via, exatos 3.890 km, entre o terminal Bandeirantes e a Avenida Afonso Pena.  A faixa reservada ao corredor de ônibus receberá um pavimento mais resistente, polimerizado, o mesmo material que o Exército vai aplicar no corredor da Guia Lopes/Brilhante/Marechal Deodoro.

O corredor sudoeste  

O corredor do sudoeste do transporte coletivo  abrange uma extensão de pouco mais de 12 quilômetros. Em 2016 foi firmado com o Exército para execução da obra, mas ano passado, em comum acordo com os militares, a Prefeitura decidiu dividir o projeto em mais dois lotes, para antecipar o cronograma de execução. O Exército deve concluir até novembro o trecho da Rua Guia Lopes (entre Afonso Pena e Brilhante) e de 2,75 km da Brilhante. Depois de licitada a Bandeirantes, será a vez da última etapa, que abrange 4,92 km, a partir da Rua Marechal Deodoro e seu  prolongamento, Avenida Gunter Hans (em duas pistas) até o terminal Aero Rancho.

Já está sendo concluído o projeto executivo para a licitação do primeiro braço do corredor norte do transporte coletivo, um trecho de 1,8 quilômetros da Rua Bahia, entre as Avenidas Afonso Pena e Coronel Antonino. A obra está orçada em R$ 4,9 milhões e integra também o projeto de mobilidade urbana, que conta com recursos desde 2012.