Prefeitura ‘desenterra’ empréstimo de R$ 12,6 milhões para obras
Por Redação Publicado 21 de fevereiro de 2017 às 12:32hs

Vereadores vetaram proposta no ano passado

Pedido de empréstimo, barrado por vereadores no ano passado, será reapresentado pela Prefeitura de Campo Grande. Medida busca assegurar contrapartida de R$ 12,6 milhões para obras de reurbanização, iniciadas há quase cinco anos, nos córregos Bálsamo, Segredo e Taquaral.

Há previsão de reenvio da proposta, conforme o secretário de Governo Antônio Cézar Lacerda, na próxima semana, depois de reunião entre prefeito e vereadores. O texto, no entanto, está pendente de parecer da procuradoria jurídica do município.

No ano passado, operação de crédito foi rejeitada depois de três meses de tramitação na Câmara Municipal. Falhas no envio de documentos e, posteriormente, proximidade com período eleitoral foram apresentados como justificativas para tal decisão.

Financiamento para contrapartida de R$ 12,6 milhões, quando aprovada, será realizado pela Caixa Econômica Federal. Prazo de pagamento do empréstimo é de oito anos, com dois de carência e taxa de juros de 10,9% ao ano.

REURBANIZAÇÃO

Obras de infraestrutura e urbanização dos córregos Bálsamo, Segredo e Taquaral foram iniciadas há quase cinco anos. Investimento soma R$ 63 milhões, do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), destinados a intervenções de drenagem, prolongamento de avenidas, recuperação de áreas degradadas, além da construção de casas, quadras esportivas e centros comunitários.

Fonte: Correio do Estado