PF faz a “Operação Sanga” contra tráfico de armas e drogas na fronteira
Por Redação Publicado 22 de junho de 2017 às 08:55hs

A Polícia Federal iniciou na manhã desta quinta-feira (22) a “Operação Sanga” em combate ao tráfico de drogas e armas na fronteira entre Brasil e Paraguai. Estão sendo cumpridos 16 mandados de prisão, 16 de busca e apreensão e sete de condução coercitiva, além da apreensão de vários veículos. Cerca de 70 policiais entre agentes e delegados além de peritos atuam nos Estados de Mato Grosso do Sul e Paraná.

O inquérito policial foi instaurado para investigar uma organização criminosa voltada à logística do tráfico internacional de drogas e armas. Ao longo da investigação, foi possível efetuar a interceptação de sete carregamentos de drogas e armas, totalizando a apreensão de mais de 10 toneladas de maconha, um fuzil de calibre 5,56, 13 munições calibre 7,62, oito carregadores de fuzil, 12 carregadores para pistola 9 mm, nove adaptadores de rajada para pistola Glock 9 mm, três revolveres calibre 38, duas caixas de munições calibre 9 mm e uma caixa de munições calibre 38.

A “Operação Sanga” recebe este nome porque grande parte dos alvos está ou são de Sanga de Puitã, distrito localizado a 10 quilômetros do centro de Ponta Porã, onde eram realizadas tratativas da logística para a prática dos crimes. A operação é coordenada pela Delegacia de Policia Federal de Ponta Porã.