Pelo segundo mês seguido, Capital tem saldo positivo na geração de empregos
Por Redação Publicado 19 de maio de 2018 às 12:11hs

Pelo segundo mês consecutivo, Campo Grande obteve saldo positivo no número de carteiras de trabalho assinadas. Foram 326 postos criados no mês de abril, o que deixou a Capital na 14º colocação do ranking nacional entre as capitais. No saldo anual de 2018, a Cidade Morena aparece na 8º posição, com saldo de 1.547 postos de trabalho. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

O observatório de mercado da Fundação Social do trabalho (Funsat) destacou o saldo de emprego nos oito setores econômicos analisados pelo Caged: Serviços, 438, Construção Civil: 44, Serviços Industriais de Utilidade Pública: 3, Administração Pública: 1, Extrativa Mineral: -3, Indústria de Transformação: -22, Agropecuária: -35 e Comércio: -100 e postos de trabalho.

De acordo com  o diretor-presidente da Funsat, Cleiton Franco, o mercado está reagindo, mais uma vez. O setor  que impulsionou este crescimento é o de serviços, seguido foi setor  da construção Civil.

Em Mato Grosso do Sul, o saldo foi de 6.698 postos de trabalho, com variação do emprego de 1,32%, e, no Brasil, esse número foi de 336.855 postos de trabalho e variação do emprego foi de 0,89%.