Paraná surpreende e derrota do Vitória jogando no Barradão, em Salvador
Por André Farinha Publicado 13 de abril de 2017 às 21:50hs
Biteco, aproveitou a falha do time do Vitória e marcou o segundo gol do Paraná (foto: Maurícia da Matta/Divulgação Vitória)

Nos primeiros 90 minutos, vantagem para o visitante. O Paraná bateu o Vitória por 2 a 0 pela partida de ida da quarta fase da Copa do Brasil, no Barradão, nesta quinta-feira. Os gols saíram dos pés do zagueiro Airton, no fim do primeiro tempo, e do meia Guilherme Biteco, nos últimos minutos da etapa complementar. O time do técnico Wagner Lopes pode perder de até 1 a 0 em casa, na próxima semana, que ainda leva a vaga para as oitavas de final da competição.

Os times se enfrentam pela volta da Copa do Brasil na próxima quarta-feira, na Vila Capanema, em Curitiba, às 19h30. Antes, o Vitória tem o primeiro confronto da semifinal do Campeonato Baiano contra o Vitória da Conquista, no próximo domingo, às 16h, no Lomanto Junior. O Paraná, por sua vez, já foi eliminado do estadual.

O primeiro tempo parecia ser do Vitória. O time da casa teve as melhores chances e impôs o toque de bola intenso na entrada da área do Paraná. Logo aos 16 minutos, André Lima completou de cabeça e perdeu uma grande chance de abrir o placar. E assim se seguiram outras oportunidades, com Patrick e Cleiton Xavier. O Tricolor, contudo, começou a crescer no jogo. Até que, aos 48 minutos, depois de o goleiro Léo ter que salvar duas bolas à queima-roupa para o Paraná, o visitante subiu certeiro ao ataque. Em cobrança de escanteio do meia Renatinho, o zagueiro Airton solou a bola para o fundo das redes.

Na etapa complementar, o mesmo cenário foi armado pelo elenco baiano. Com as oportunidades mais claras de gol, o Vitória não causou tanto perigo à meta de Léo, mas ficou em cima de defesa do Paraná. Com a mesma pegada, o Tricolor se manteve bem postado e, em outra chance única, aproveitou com Guilherme Biteco, aos 43 minutos do segundo tempo. Diego Tavares recebeu na entrada da área, driblou Euller e bateu cruzado, para o meia consolidar o placar.