No mês das mulheres, elas reafirmam compromisso com projetos sociais do FAC
Por Redação Publicado 7 de março de 2018 às 08:44hs

Um grupo de cerca de 100 mulheres se encontraram na Esplanada Ferroviária para ver o resultado de um ano do projeto “Mulheres por Amor à Campo Grande” e reafirmar o compromisso de continuar caminhando junto com as ações de solidariedade, para melhorar a vida de milhares de famílias campo-grandenses.

Primeira dama do município e presidente do Fundo de Apoio a Comunidade (FAC), Tatiana Trad pontuou a importância da ajuda de todos envolvidos e destacou a importância de seguir a missão de ajudar e fazer o bem.

“O que seria nossa missão aqui na terra? Qual legado gostaríamos de deixar para que as nossas gerações pudessem ser atingidas? Para que as gerações próximas as nossas possam ser atingidas? Como nós estamos respondendo aquilo que nos é colocado na nossa vida todos os dias? As oportunidades que nos são oferecidas pela nossa realidade, pela nossa família, pelas pessoas que estão a nossa volta.  O Projeto ‘Mulheres por Amor a Campo Grande’ é uma resposta para as pessoas. Conseguimos atingir muitas pessoas neste ano de 2017, mas ainda não estamos satisfeitas, pois podemos fazer muito mais por Campo Grande. Este projeto não é de uma administração, de um governo. Ele é de uma cidade, que acredita na sua sociedade e preza pelas pessoas que estão precisando de ajuda. Estamos aqui para agradecer e pedir a ajuda de todas vocês”, frisou.

A vice-prefeita Adriane Lopes pontuou a importância de cada madrinha na realização dos projetos. “Sei que cada mulher que está aqui nessa tarde tem um papel importante nessa cidade. Vocês estão aqui não apenas para ver o resultado dos projetos, mas porque são importantes para Campo Grande. Queremos agradecer a participação de cada uma. 2017 foi um ano muito difícil. Começamos a gestão e a nossa cidade estava com muitos problemas. Mas o prefeito abriu as postas para que estivéssemos ao lado dele, para estar colaborando, ajudando e fazendo mais pela nossa cidade”, declarou.

O prefeito Marquinhos Trad disse se lembrar dos rostos presentes por conta dos diversos eventos realizados durante o ano e ratificou o pedido de apoio de todas.

“No ano anterior foram os mesmos rostos, as mesmas pessoas, com diferença de alguns outros e algumas outras, mas foram vocês, juntamente com o trabalho planejado da Tatiana e da Adriane que levaram o alento para quase 20 mil famílias dentro de Campo Grande. Essas 20 mil famílias que vocês não conhecem o rosto, que vocês não sabem onde moram, que vocês não sabem o sobrenome, receberam uma ajuda sua. Cada uma dessas 20 mil famílias teve momentos de alegria que muitas vezes não têm durante o ano. E é nesse sentido que gente pede a vocês, se multipliquem, pois assim você vão ajudar Campo Grande, levando dignidade e amor a todos os lares”, agradeceu.

Parceria

 

Envolvida em diversas causas sócias, Maria Olga Mandetta, que participa ativamente do Rotary Clube, com a Casa da Amizade, diz estar empolgada em ver reflorescer os projetos sociais tocados por grandes mulheres em Campo Grande.

“Este lado humano da prefeitura, esse lado da mulher, estava um pouco apagado nos últimos tempos. Tivemos mulheres que trabalharam muito, e depois ficou apagado, agora vejo ressurgir. A Tatiana (primeira-dama Tatiana Trad) e a Adriane (vice-prefeita Adriane Lopes) estão fazendo diversos trabalhos em pontos isolados que vão convergir – Santa Emilia, Caiobá, Moreninhas –. Eu gostaria que mais mulheres fizessem isso, mais mulheres abraçassem a causa”, disse, pontuando que continua à disposição.

Quem também esteve no encontro foi a colunista social Gisele Romeiro. Ela disse acreditar que projetos como estes transformam a cidade. “Vejo essa parceria da primeira-dama com a vice-prefeita como uma benção, porque elas são engajadas com parcerias com a sociedade civil e assim conseguem atingir objetivos com muito mais facilidade. Tudo isso vem mostrar os frutos que elas já estão colhendo através dessa gestão. Então eu parabenizo e coloco o meu trabalho à disposição do delas, pois estou juntou nesta campanha”, frisou.

Subsecretária de Políticas Públicas para Mulheres, Carla Stephanini disse acreditar que ação demonstra uma união perfeita para as ações sociais.

“Primeiro quero louvar o trabalho da nossa primeira-dama Tatiana Trad, junto com a vice-prefeita Adriane Lopes. Elas têm demonstrado uma união perfeita para as ações sociais. E conseguindo engajar as mulheres campo-grandenses nas atividades, nas ações que elas propõe. Com a retomada da Feijoada do FAC puderam levar agasalhos e cobertores a milhares de família. Elas resgataram toda a tradição que essa feijoada significa para a sociedade campo-grandense e para as pessoas que precisam do produto resultante deste evento”, disse.

Carla também citou a produção dos ovos de páscoa e o inicio da escola pública de ballet. “É muito importante por ser uma possibilidade de gerar renda para as mulheres não só produzirem o chocolate para suas famílias, mas depois continuar nesse negócio. O ballet que foi instituído ali no Jacques da Luz é um grande ganho para as nossas meninas, para a s nossa crianças, que precisam ter atividades extra-escolares”, disse.