Marrocos e a dor de cabeça de um gol contra
Por Redação Publicado 15 de junho de 2018 às 15:29hs

Foi cruel contra a pátria amada, doeu muito no torcedor marroquino, mais ainda no próprio Bouhaddouz. O jogador, que entrou no segundo tempo para dar mais gás ao time africano, acabou definido o placar da peleja, mas garantindo a vitória do Irã. Ao tentar desviar a bola para a linha de fundo, ele acabou mandando a redonda para dentro da própria meta, isso aos 49 do segundo tempo, quando todos no estádio já haviam aceitado o empate de 0 a 0.

A vitória garantiu três pontos importantíssimos ao time iraniano, que lidera o Grupo B da Copa do Mundo, pelo menos até o encerramento do duelo entre Portugal e Espanha, que acontece nesta tarde. Na próxima rodada, o Marrocos busca a reação contra o Portugal, no dia 20, já o Irã tenta a classificação antecipada contra a Espanha, no mesmo dia.

O jogo

O Marrocos foi bem melhor na partida, nos primeiros 10 minutos foram três grandes chegadas com perigo ao gol. Aos 18, quase marcaram o primeiro, após bola levantada na área, Belhanda pegou a sobra quase na pequena área e carimbou a zaga. No rebote, Benatia tentou de primeira e encontrou outra barreira iraniana pela frente.

Aos 29, outra oportunidade desperdiçada. Harit invadiu a área, passou pela marcação e bateu colocado, mas o goleiro iraniano defendeu. E mais uma aos 39, Ziyech fez bonito cruzamento de trivela, mas El Kaabi não alcançou e o goleiro Beiranvand apareceu novamente.

A reação do Irã aconteceu somente após os 40 minutos. Azmoun finalizou, mas o goleiro El Kajoui segurou com os pés. No rebote, Jahanbakhsh mandou de primeira e novamente o goleiro marroquino impediu o gol.

No segundo tempo, o jogo caiu na monotonia e a primeira grande chance aconteceu somente aos 32. Ziyech mandou a bomba de fora da área e o goleiro iraniano caiu no canto para espalmar.

E, aos 49, o gol. Após cobrança de falta na área, o atacante marroquino Bouhaddouz desviou de cabeça para as próprias redes. Final, 1 a 0 para o Irã.