Ibama promove ações de conscientização na Semana do Meio Ambiente
Por Redação Publicado 4 de junho de 2017 às 10:00hs

Ações voltadas para a conscientização e preservação da natureza vão marcar a Semana do Meio Ambiente que começa na próxima segunda-feira (5) e termina na sexta-feira (9). Com apoio da Prefeitura de Campo Grande, por meio Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano (Planurb) e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), o evento será promovido pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e traz diversas atividades de conscientização e ações efetivas de preservação.

Para o secretário  Municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), José Marcos, Fonseca, a importância do evento está no somatório de forças entre as instituições.

“A união dos esforços entre os órgãos, tanto do município, quanto do Estado e da Federação, é de muita importância para encararmos a conscientização e a educação ambiental da comunidade. A luta de Campo Grande, da administração do prefeito Marquinhos Trad, é de tornar a nossa cidade mais sustentável, respeitando o ambiente urbano cada vez mais com um olhar integrado”, salienta.

O superintendente do Ibama em Mato Grosso do Sul, Antônio de Castro Vieira, ressalta que a semana é o momento em que as entidades procuram, em conjunto, trazer maior conscientização à comunidade sobre a necessidade de cuidar e preservar o meio ambiente. “A palavra-chave é conscientização. Vamos culminar diversas ações, com palestras, plantio de árvores (ainda que simbolicamente), limpezas e levar mensagem às crianças, a exemplo do projeto Florestinha”, informa.

Para ele, a parceria com a Prefeitura é fundamental e deve ser mantida dia a dia com trabalhos voltados para a preservação do ambiente.

Com o tema “Meio Ambiente e Gestão Urbana – Um olhar Integrado”, a semana inicia com uma ação de educação ambiental itinerante, no Hospital Regional Rosa Maria Pedrossian. Na oportunidade haverá uma palestra sobre “Resíduos Sólidos Urbanos”, instalação de conjunto de coletores seletivos e plantio de espécies nativas no entorno do hospital.

Já à noite, no Complexo Multiuso da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, acontece o II Simpósio de Meio Ambiente e Gestão Urbana – Um olhar Estratégico. O credenciamento será a partir das 18 horas e abertura oficial às 19h10.

Haverá ainda uma palestra magna com o tema “Desenvolvimento e Gestão Urbana Sustentáveis/Desafios e Possibilidades”.

Na terça-feira (6), no período matutino, continua o simpósio e também haverá uma palestra sobre “Arborização Urbana – benefícios no planejamento ambiental das cidades”. Na sequência, inicia outra palestra com o tema “Espaços Públicos e qualidade de vida nas cidades.

À tarde a discussão será sobre “Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MPE/MS) – Um Olhar Integrado para o Meio Ambiente e a Gestão Urbana.

Na quarta-feira acontece a instalação da Placa de Observatório de Aves no Parque Ecológico Anhanduí, no Centro de Educação Ambiental (Cea Anhanduí). A atividade é uma parceria da com parceria da WWF, Instituto Mamede, Planurb e Semadur.

Já na quinta-feira haverá uma expedição urbana intitulada “Revitalização do Rio Anhanduí”, com as ações de limpeza, plantio de mata ciliar e distribuição de material educativo/ambiental, no trecho de 1 km às margens do rio, na Avenida Ernesto Geisel.

Na sexta-feira, último dia do evento, haverá palestras e apresentação do Grupo Florestinha da Policia Ambiental (Cea Florestinha), com teatro de fantoches e oficina de reciclagem.

Para encerrar a programação, haverá ainda o ato público de assinatura de regulamentação da Lei n. 4.864/2010, que estabelece normas referentes à gestão dos resíduos sólidos urbanos da construção civil e resíduos volumosos.

A solenidade conta com a participação da sociedade civil organizada, órgãos municipais, estaduais e federais, comunidade do entorno do Cea Imbirussú, estudantes de universidades locais, educadores e alunos do ensino fundamental.