Operário terá força máxima contra o URSO em Mundo Novo e diretoria tenta contratar mais um goleiro e outro atacante
Por André Farinha Publicado 27 de março de 2017 às 13:52hs
Capacitação de técnicos, alunos e professores de Educação Física será em Bataguassu

Sem poder contar com o jogador Rodrigo Gral, na partida em que perdeu para o Comercial por 1 x 0 e diante da SERC, quando venceu por 2 x 0, a expectativa do técnico Celso Teixeira, do Operário, é que a partir do jogo de ida, válido pela 2ª fase, contra o URSDO, em Mundo Novo, o atacante e um dos principais jogadores do elenco e peça importante dentro do esquema tático do time, possa estar totalmente recuperado.

Rodrigo Gral pode voltar ao time do Galo no primeiro jogo contra o URSO em Mundo Novo

No elenco há que diga que o mesmo ficou de fora dos dois jogos citados por medidas de precauções do técnico,  pois o time  havia conquistado a vaga antecipadamente, daí, nada mais justo que  revigorar as forças do atleta que se destacou muito  ao logo da competição.

Com a volta de Gral ao ataque do time alvinegro, poderá também acabar com as dores de cabeça do treinador Celso Teixeira, que não conseguiu com os substitutos usados no time,  dar a mesma dinâmica tática ao time que a bem da verdade  além de ter perdido o clássico, também não teve o mesmo desempenho contra a SERC, em que pese ter vencido o jogo e consolidado a classificação como o primeiro0 do grupo A.

REFORÇOS

Pelo menos de público, o técnico Celso Teixeira não demonstrou nenhuma insatisfação com o goleiro França titular absoluto no gol do Galo e um dos líderes do elenco o mesmo acontecendo com o jogador Khauan, mas a diretoria já trabalha visando a possibilidade de dar mais opções ao treinador e para tanto, está a procura de dois jogadores  para as posições acima citadas.

De acordo com o presidente do clube, Estevão Petrallas, diversos contatos foram mantidos e ainda no transcorrer da semana alguma novidade  poderá ser anunciada, acalmando os torcedores que ainda não demonstraram plenamente satisfação como rendimento do time nos jogos disputados.

A revelação foi feita pelo presidente Petrallas, no estádio Elias Gadia, por ocasião do jogo que teve a participação de Arthurzinho, ex-atleta do time alvinegro da Capital.

“Estamos tentando, mas está muito difícil. Falei ainda há pouco com um jogador e ele ficou de me dar a resposta na próxima semana”, adiantou o presidente do clube.

2ª FASE

Pelo fato de ter feito a segunda melhor campanha no Estadual, onde somou 20 pontos ganhos, o técnico Celso Teixeira descarta desde agora o tradicional “já ganhou” e admite que o jogo de ida, domingo, será difícil.

CAMPANHAS

Na fase classificatória o Operário conquistou 20 pontos, oriundos de seis vitórias, dois empates e duas derrotas. O time marcou 20 gols e tem no jogador Uilson o artilheiro do time com oito golos e o segundo  do campeonato. A defesa sofreu ove gols.

Por outro lado, o URSO, de Mundo Novo, apresenta números bem modestos e será um franco atirador pelo menos na partida de ida que pelo fato de jogar em casa, poderá tirar proveito da situação.

A fase anterior, a equipe somou apenas 11 pontos ganhos e se classificou na quarta colocação, conquistando três vitórias. O ataque marcou apenas nove gols e a defesa mostrou uma certa vulnerabilidade, sofrendo 18 tentos.