Golden Boy: Renato Sanches leva prêmio de melhor jovem da Europa
Por Redação Publicado 24 de outubro de 2016 às 09:44hs

Após ascensão meteórica, com transferência para o Bayern de Munique e destaque na conquista da Eurocopa por Portugal, meia leva premiação do jornal “Tuttosport”

A grande temporada que Renato Sanches fez em 2015/16 foi coroada nesta segunda-feira. O jornal “Tuttosport” anunciou que o meia foi eleito o melhor jogador jovem da Europa, levando o troféu Golden Boy – que será entregue em cerimônia nesta noite, em um hotel no principado de Mônaco. O jogador de 19 anos deixará Monte Carlo logo depois o evento.

– Estou radiante. Este prêmio tem um significado mundial, mas eu tenho muito a aprender, principalmente com meus fantásticos companheiros, como Vidal, Xabi Alonso, Thiago e Kimmich. Dedico o Golden Boy para a minha família – declarou Renato.

Renato teve uma ascensão meteórica na última temporada, quando chamou a atenção de gigantes europeus depois de bom desempenho pelo Benfica. Embora seu nome fosse intensamente ligado ao Manchester United, foi contratado pelo Bayern de Munique por € 35 milhões – logo ao fim da jornada 2015/16, semanas antes de brilhar na conquista da Eurocopa com a seleção portuguesa.

Apontado como vencedor através do voto popular, Renato desbancou candidatos como Dele Alli (Tottenham), Asensio (Real Madrid), Coman (Bayern de Munique), Donnarumma (Milan), Iheanacho (Manchester City), Rashford (Manchester United) e Leroy Sané (Manchester City) – além dos brasileiros Gabigol (Inter de Milão), Danilo (Benfica), Boschilia (Monaco) e Nathan (Vitesse).

A lista de candidatos teve 40 nomes, indicados por uma equipe de 30 jornalistas, que trabalham nos principais veículos esportivos da Europa, como o francês “L’Équipe’, o alemão “Bild”, o espanhol “Marca” e o português “A Bola”. O vencedor foi determinado depois de uma eleição popular no site do “Tuttosport”.

O prêmio foi criado em 2003 para premiar jogadores abaixo dos 21 anos e já contou com vencedores que se tornaram grandes astros do futebol mundial, como Rooney, Messi, Fàbregas e Agüero. Dois brasileiros já conquistaram o troféu: Anderson, em 2008, quando estava no Manchester United, e Alexandre Pato, em 2009, quando defendia o Milan. Os três últimos eleitos foram Pogba, Sterling e Martial.

Fonte: Ge