Fernanda Montenegro “Eu me lambuzei de cada momento que eu vivi”
Por Redação Publicado 14 de fevereiro de 2017 às 10:53hs

Uma conversa comovente com Fernanda Montenegro marca a estreia da nova temporada de “Sangue Latino” nesta quarta-feira (15). O programa de entrevistas apresentado por Eric Nepomuceno no Canal Brasil, em seu sétimo ano, segue com a proposta de exibir entrevistas densas com personalidades da cultura latino-americana.

Com 70 anos de carreira, Fernanda fala muito sobre o “mistério” do ofício de interpretar. Citando o talento de “fenômenos poderosos”, como Procópio Ferreira (1898-1979), Jaime Costa (1897-1967) e Ronald Golias (1929-2005), ela observa que, mesmo diante de um texto “vagabundo”, “o demônio do comediante faz daquilo uma criação artística”.

A conversa envereda por temas mais existenciais também. “Você tem medo de morrer?”, pergunta Nepomuceno. “Eu tenho pena de morrer”, responde a atriz. Aos 87 anos, ela fala sobre o receio de perder a memória e diz respeitar quem defende a eutanásia.

Provocada a fazer um balanço de vida, Fernanda observa: “Vivi sempre muito intensamente. Nunca vivi histericamente. Às vezes, podem achar que sou contemplativa. Mas eu sei a carga de presença dos atos da minha vida. Eu não joguei fora nenhum momento. Eu me lambuzei de cada momento que eu vivi, que eu estou vivendo”, diz a atriz.

Dirigido por Felipe Nepomuceno, “Sangue Latino” é exibido às quartas-feiras, às 21h, com reprises aos sábados, às 16h30, e às terças, às 12h30. A temporada trará, ainda, entrevistas com Gregorio Duvivier, Luiz Carlos Barreto, Carmen Molina, Luís Ospina, César López, Sergio Cabrera, Juan Manuel Echavarría, Armando Freitas Filho e Juan Gabriel Vásquez.

Fonte: UOL/Mauricio Stycer

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!