Felipe Orro pede a pavimentação da MS-435 em São Gabriel do Oeste
Por Redação Publicado 7 de março de 2018 às 08:51hs

O Deputado Estadual Felipe Orro participou de uma reunião com o Secretário de Estado de Infraestrutura, Ednei Marcelo Miglioli e produtores da cidade de São Gabriel do Oeste, que pedem a pavimentação de 36 quilômetros da MS-435, que liga o município ao distrito de Areado.

Por esta rodovia passa toda produção gerada nas propriedades rurais ao longo da via, e o cascalhamento já não é mais suficiente para sanar os problemas que ela vem causando para todos que passam pela região.

“Não tem mais condições de cascalhar, do jeito que está somente o asfalto pode melhorar a trefego naquela rodovia. A situação em que se encontra vem prejudicando os produtores, que sentem dificuldade para tirar a produção das propriedades”, disse o produtor Roberto Matheus.

Luis Carlos Pasqualeto, que produzia melancias em sua propriedade, e foi obrigado a mudar de atividade, disse que não planta mais por causa dos estragos que rodovia provoca na fruta. “Como o caminhão balança muito, uma melancia amassa a outra, gerando um prejuízo de até 40% na produção, por isso não têm condições de plantar mais”.

Para Lúcio Lagemann, representante da Cooperativa Agropecuária São Gabriel do Oeste (Cooasgo), a MS-435 é uma importante rodovia que atende muito produtores da região, que abatem cerca de 3 mil suínos/dia e o asfalto vai melhorar o transporte. “Asfaltando esta rodovia vai mudar a realidade de pelo menos 200 produtores, que precisam que a via esteja em boas condições para tirar suas produções”, defende.

Orro defende que a pavimentação seja necessária para sanar os prejuízos que os produtores vêm enfrentando, além do desgaste da população que precisam passar pela MS-450. “É importantíssima a pavimentação da MS-435, ela é a única saída para produtores que precisam levar o que produziram para a cidade, e até para chamar a atenção de quem quer investir na região e também para a população em geral que usam a rodovia para se deslocarem”, finalizou.