Excelência da administração fez da Cassems a melhor empresa do Centro-Oeste
Por André Farinha Publicado 25 de junho de 2017 às 10:08hs
Ricardo Ayache, médico e presidente da Cassems

Ricardo Ayache, médico e presidente da Cassems

Criar um centro de atendimento integral à saúde, radicalizar a digitalização dos atendimentos, finalizar a unidade hospitalar de Corumbá e, ainda, implantar a universidade da saúde. Estes são os planos do médico cardiologista Ricardo Ayache para o futuro da Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems), instituição que preside há sete anos e que hoje é reconhecida como o melhor plano de saúde para servidores públicos do Brasil e uma das 100 melhores empresas da região Centro-Oeste.

“Foi extremamente desafiador fazer com que a Cassems, em sete anos, triplicasse o seu tamanho [estrutural] e patrimonial e a qualidade do atendimento. E isso só foi possível porque contamos com uma equipe qualificada através da nossa universidade corporativa, com conselheiros e diretores atuantes e uma participação efetiva dos servidores públicos. Ao ouvir os nossos beneficiários conseguimos acertar mais em nossas decisões e investimentos.”, citou Ricardo Ayache, em entrevista ao jornalista André Farinha, para o site R1 News.

Nestes sete anos – levando em consideração desde quando assumiu provisoriamente a presidência da instituição, em Junho de 2010, devido ao afastamento do então presidente Lauro Davi para concorrer no pleito daquele ano – Ricardo Ayache conseguiu expandir a Cassems, investindo desde a capacitação de seus profissionais para melhorar o atendimento até a construção, aquisição e ampliação de hospitais na Capital e no interior, beneficiando todas as regiões do Estado.

“Adotamos uma gestão profissionalizada, investimos no nosso parque tecnológico, ampliamos a estrutura própria de atendimento e criamos centros de prevenção, de diagnósticos e especialidades médicas. Compramos e reformamos o hospital de Nova Andradina e de Três Lagoas, onde implantamos a UTI adulto e a primeira UTI neonatal do Bolsão; ampliamos os hospitais de Dourados e Ponta Porã; construímos hospitais em Coxim, Naviraí e na Capital, onde temos a unidade mais moderna de todo o Centro-Oeste.”, completou.

Hospital Cassems de Campo Grande, o mais moderno da rede no Estado.

Em funcionamento desde o dia 10 de Outubro de 2016, o Hospital Cassems de Campo Grande tem a maior estrutura da rede, com capacidade para realizar mais de mil atendimentos por dia. Segundo o presidente, a unidade hospitalar tem superado todas as expectativas. “Temos hoje uma grande ocupação dos mais de 100 leitos disponíveis. Já realizamos mais de 30.000 consultas e mais de 3.000 cirurgias. Contamos com pronto-socorro adulto e infantil 24h e um centro de diagnóstico completo. As UTIs estão funcionando a todo vapor e já estamos planejando a ampliação.”.

Política é destino

O trabalho realizado frente à Cassems fez com que o nome de Ricardo Ayache ganhasse notoriedade perante a sociedade e, principalmente, nos corredores da política. Em 2014, disputou pela primeira vez um pleito eleitoral, concorrendo ao Senado Federal, na ocasião, terminou a disputa em segundo lugar, totalizando 281.022 votos (23% dos votos válidos). Foi apontado pela imprensa como a grande revelação da política.

Em sua avaliação, disputar as eleições foi um grande aprendizado. “Foi uma experiência forte, pude conhecer cada cidade de Mato Grosso do Sul e conversar com a população de todas as classes sociais. Isso trouxe uma responsabilidade maior para com o nosso Estado, mas também trouxe a constatação de que a política precisa de uma mudança severa. O poder e a vida pública só têm sentido se forem meios de transformação da vida das pessoas.”.

Questionado se será candidato no pleito do próximo ano, Ricardo Ayache desconversa e afirma que está centrado, no momento, exclusivamente para a sua gestão frente à Cassems, que segue até 2019. “Gosto muito de uma frase do JK [Juscelino Kubitschek, ex-presidente da República] onde diz que a ‘politica é destino’. Nesse momento estou concentrado na gestão da Cassems. Penso que agora devemos todos trabalhar, em nossas respectivas funções, para ajudar o país a sair dessa grave crise.”, comentou.

“Estamos passando por um momento muito delicado da politica brasileira, retrato da falência de um sistema que, infelizmente, se apoderou dos recursos públicos para beneficiar grupos ou pessoas”, disse Ayache, sobre a situação política do Brasil. “O PSB tem a finalidade de construir um país melhor e, para isso, tem feito discussões sobre a necessidade de uma reforma que permita um novo modo de fazer política, com o objetivo de transformar para melhor a vida dos brasileiros que já não aguentam mais tanto descaso com os setores básicos da vida, como saúde, segurança e educação”, completou.

O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos

Para Ricardo Ayache, o reconhecimento da Cassems como um dos melhores planos de saúde do Centro-Oeste aumenta, e muito, a responsabilidade de administrar e de melhorar, cada vez mais, o atendimento aos beneficiários da rede.

“É sempre uma satisfação receber o reconhecimento pelo trabalho realizado, afinal de contas, cuidar da saúde de 207.000 pessoas é algo muito sério. Nesse momento estou muito concentrado na gestão da Cassems, revisando nosso planejamento estratégico e construindo o Hospital de Corumbá.”.

Sem sombra de dúvida, uma das maiores marcas de sua gestão diz respeito ao aprimoramento da transparência das contas da instituição. Na visão do presidente, nos dias de hoje, é fundamental permitir o acesso às contas da Cassems. “Nesse mundo sem fronteiras, onde as pessoas estão cada vez mais atentas e informadas, é de fundamental importância permitir o acesso às contas da nossa instituição. Além de prestar contas anualmente em nossa assembleia geral ordinária, criamos em 2013 o primeiro portal da transparência de um plano de saúde no Brasil. As pessoas tem o direito de saber onde seu dinheiro está sendo aplicado e nós temos o dever de informá-los.”.

Voltando suas atenções para os servidores públicos, beneficiados da rede Cassems e a sociedade sul-mato-grossense em geral, Ricardo Ayache cita uma frase assinalada pela diplomata americana e ativista dos direitos humanos, Eleanor Roosevelt, como modelo de inspiração para os projetos da vida. “O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos. Essa é uma frase que me guia e acredito que pode ajudar muito as pessoas em suas conquistas pessoais.”, finalizou.