Escola na Capital é interditada para higienização após caso de Gripe A
Por André Farinha Publicado 29 de maio de 2017 às 16:50hs
Fachada da escola municipal Major Y Joca Pirama, na base aérea de Campo Grande. Aulas foram suspensa para higienização nesta segunda-feira (29). (Foto: Marina Pacheco/ CG News/Reprodução)

Após constatar um caso de Gripo A, a Prefeitura Municipal de Campo Grande interditou, nesta segunda-feira (29), a Escola Municipal Major Aviador Y-Juca Pirama de Almeida, que fica na Base Aérea da Capital. Segundo as informações, a unidade escolar foi fechada para que pudesse ser feira a higienização completa do local.

A gripe foi contraída por uma estudante de sete anos de idade. O caso foi descoberto por país de outras crianças que, em seguida, cobraram providências por parte da direção escolar. A escola tem 18 salas de aulas, além das salas da direção e dos professores, cantina, quadra esportiva, biblioteca e a secretaria. Todas estão sendo higienizadas.

A interdição tem validade de apenas um dia, no caso, hoje. Na terça-feira (30) as aulas já serão retomadas normalmente. A escola conta com 480 alunos, do 1º ao 9º ano, e 42 professores. Segundo a direção, todos os educadores foram imunizados contra a doença. As crianças não tomaram a vacina porque não se enquadram no grupo de risco estabelecido pelo Ministério da Saúde.

Ainda segundo as informações, houve mobilização por parte de alguns pais após a descoberta do caso na escola. Eles providenciaram um abaixo-assinado e enviaram a Secretaria Municipal de Educação (Semed) solicitando que os alunos da unidade escolar fossem imunizados contra a doença. Em reposta, os pais foram informados de que as crianças só poderão receber a vacina após a campanha nacional, que é voltada aos grupos prioritários.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!