Embalado após bater no Palmeiras, Cruzeiro vence o Atlético-PR na Arena da Baixada
Por André Farinha Publicado 12 de julho de 2017 às 23:05hs

A fase continua complicada para o Atlético Paranaense que, ainda sem a nova comissão técnica no comando, recebeu o Cruzeiro e perdeu por 2 a 0 na Arena da Baixada, caindo ainda mais na classificação do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Furacão parou nos 15 pontos, na 15ª colocação. A raposa, por outro lado, encostou de vez no grupo de líderes e, com 20 pontos, subiu para a quinta posição.

O jogo 

Com o interino Kelly no comando, o Furacão já mostrou algumas mudanças de posicionamento do ataque, além da presença de Eduardo da Silva como titular. Aos cinco minutos, Élber pegou sobra de bola e chutou por cima da meta no primeiro arremate da Raposa. O Rubro-Negro até tinha posse de bola, mas não conseguia criar nada no ataque. As 12 minutos, Lucas Silva soltou o pé, de longe, e carimbou o travessão.

A Raposa conseguiu abrir a contagem aos 27 minutos, com Lucas Romero, que começou o contra-ataque e apareceu novamente dentro da área para bater forte e balançar a rede. Já mostrando falta de alternativa, Thiago Heleno tentou de bico, da intermediária, aos 32 minutos, sem direção. O jogo melhorou e, aos 39 minutos, Otávio arriscou de fora da área, dando trabalho para Fábio. Aos 46 minutos, foi a vez de Nikão, de cabeça, tocar para fora.

Para a segunda etapa, o Atlético voltou com Matheus Anjos no lugar de Ederson. Porém, o Cruzeiro continuava mais perigoso em suas chegadas, como aos seis minutos, com Rafael Sóbis tentando encobrir Weverton, por cima da meta, mas com perigo. Novamente de longe, Élber tentou o tiro e a bola subiu demais.

O ritmo da partida caiu bastante, com poucas tentativas de penetração nas defesas. Aos 16 minutos, Sidcley recebeu na frente, mas na hora do chute praticamente recuou para o goleiro Fábio. Do outro lado, Alisson também tentou o chute cruzado, fraco, fácil para Weverton. Aos 22 minutos, Rafael Sóbis fez a jogada pela esquerda e chutou em cima de Wanderson.

O Atlético tentava timidamente apertar, mas tinha muita dificuldade em criar. Aos 31 minutos, Nikão cruzou fechado e Fábio saiu dando rebote para ninguém aproveitar. Eduardo Henrique apareceu no ataque para entrar resolver, aos 34 minutos, mas a cabeçada parou em Fábio. Porém, aos 40 minutos, Nonoca fez fila, Thiago Neves defendeu e, no rebote, Rafael Marques empurrou para a rede para fechar a contagem.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!