Eleição registra 514 candidaturas em MS para todos os sete cargos em jogo
Por Redação Publicado 16 de agosto de 2018 às 12:39hs

Terminado o prazo para registro das candidaturas junto ao Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE/MS), tem início oficialmente, nesta quinta-feira (16), a campanha eleitoral de 2018. A partir de agora, todos os postulantes aos sete cargos em jogo (contando também os vices-governadores e suplentes ao Senado) estão livres para pedir o voto diretamente ao eleitor. Em Mato Grosso do Sul, são seis candidatos a governador, 13 ao Senado Federal, 119 para Deputado Federal e 344 para o parlamento estadual.

Para governador e vice, concorrem: Humberto Carlos Ramos Amaducci (PT) e a vice Doutora Luciene (PT), da coligação ‘PT’; João Alfredo Danieze (PSol), com a vice Dina (PSol), da coligação PSol; Odilon de Oliveira (PDT) e o vice Bispo Marcos Vitor (PRB), da coligação ‘Esperança e Mudança’; Marcelo Bluma (PV) e a vice Ana Maria Bernardelli (Rede), da coligação ‘O nosso movimento é por mudança’; Reinaldo Azambuja (PSDB), com o vice Murilo Zauith (DEM), da coligação ‘Avançar com responsabilidade’; e Junior Mochi (MDB) e a vice Tânia Garib (MDB), da coligação ‘Amor, trabalho e fé’.

Para o Senado Federal, cargo ao qual há duas vagas em aberto, estão disputando: Anisio Guilherme da Fonseca (PSol); da coligação ‘PSol’; César Nocolatti (PTC), da coligação ‘PTC’; Dorival Betini (PMB), da coligação ’PMB’; Humberto Figueiró (Podemos) e Pedro Chaves (PRB) – que desistiu e será substituído –, ambos da coligação ‘Esperança e Mudança’; Marcelo Miglioli (PSDB) e Nelsinho Trad (PTB), ambos da coligação ‘Avançar com responsabilidade’; Mário Fonseca (PCdoB), da  coligação ‘O nosso movimento é por mudança’; Soraya Vieira Thronicke (PSL), da coligação ‘PSL’; Zeca do PT (PT), da coligação ‘PT’; Thiago Freitas (PPL), da coligação ‘PPL’; Sérgio Harfouche (PSC), da coligação ‘PSC’; e Waldemir Moka (MDB), da coligação ‘Amor, trabalho e fé’, o único que tenta a reeleição.

Centenas tentam se tornar deputado

Dos 119 nomes que estão tentando uma das oito vagas na Câmara dos Deputados, apenas seis buscam a reeleição: Tereza Cristina (DEM), Fábio Trad (PSD), Vander Loubet (PT), Dagoberto Nogueira (PDT), Elizeu Dionizio (PSB) e Geraldo Resende (PSDB). Entre outros destaques, estão o ex-BBB Ilmar Mamão (PT), o ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), a vice-governadora Rose Modesto (PSDB), a ex-primeira-dama Andreia Olarte (MDB), os deputados estaduais Beto Pereira (PSDB) e George Takimoto (MDB), os vereadores Dr. Wilson Sami (MDB), Cida Amaral (Pros) e Odilon de Oliveira Júnior (PDT), e a ex-vereadora Carla Stephanini (MDB).

Para o parlamento estadual, onde existem apenas 24 vagas, são 344 candidatos. Destes, tentam a reeleição: Amarildo Cruz (PT), Barbosinha (DEM), Cabo Almi (PT), Coronel David (PSL), Paulo Siufi (MDB), Eduardo Rocha (MDB), Enelvo Felini (PSDB), Felipe Orro (PSDB), Herculano Borges (Solidariedade), João Grandão (PT), Lídio Lopes (Patriotas), Mara Caseiro (PSDB), Márcio Fernandes (MDB), Maurício Picarelli (PSDB), Onevan de Matos (PSDB), Paulo Corrêa (PSDB), Pedro Kemp (PT), Rinaldo Modesto (PSDB), Renato Câmara (MDB) e Zé Teixeira (DEM).

Merecem destaques: os vereadores da Capital, André Salineiro (PSDB), Betinho (PRB), Chiquinho Telles (PSD), Delegado Wellington de Oliveira (PSDB), Dr. Loester (MDB), Enfermeiro Fritz (PSD), Junior Longo (PSB), Lucas de Lima (Solidariedade), Pastor Jeremias Flores (Avante) e Vinicius Siqueira (DEM); o jornalista e sócio do jornal Correio do Estado, Antônio João (PTC); o ex-deputado Antonio Carlos Biffi (PDT); o ex-deputado Londres Machado (PSD); o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte (MDB); o ex-vereador Waldemir Poppi e o veterano Sérgio Cruz (PDT).

Para conseguir, vale de tudo, até ter nome ‘engraçado’

Entre os nomes mais curiosos desta eleição, para deputado federal, encontramos: George Motoqueiro (PSol), Romário Serralheiro (PPL), Cascão (PDT), Balejo de Arruda (Podemos), Baixinho (PRB), Zé da Viola (PSL), Tatão (PTB), Tio Trutis (PSL) e Nenão (MDB).

Já entre os postulantes ao parlamento estadual, chamam à atenção os nomes: Alexandre Eletricista (Podemos), Batata (PSD), Betinho da Ducha (PTC), Buxexa Amaral (PSC), Cabelo do Frete (Podemos), Capital Contar (PSL), Careca (PTB), Careca da Iluminação (PRB), Chitão (PTB), Cidinho da Ótica (PTC), Companheiro Corumbá (PT), Daniel Catador (PV), Dionédison Terena (PT), Diva E Amigos Do Bem (PDT), Dona Flor da Selaria (PSol), Fernando Fernandes O Pão (Podemos), Filho do Padre (PMN), Gibasan Hassan (PSD), Índia (PHS), Kalu (PV), Lagartixa (PPS), Luiz Panela (PHS), Magalhães O Homem do Megafone (PSL), Mandu (MDB), Maria do Violão (Podemos), Mazionho a Lenda do Carvão (PTB), Miro da Online (PT), MS Coletivo (PT), Negro Kelle (PV), O Rosinha (Patriotas), Papai Noel (Avante), Pinduca (MDB), Pitó (PT), Rola (PMN), Roseli Esposa do Zé Braquiara (PSDB), Rubens Cachorrão (PSol), Tomari Tomari Tomari (PTC), Tony Gol (Podemos) e Zé Carlos Cobrinha (PRB).

Você pode conferir a lista completa de candidatos no site http://divulgacandcontas.tse.jus.br/divulga/#/.