Eduardo Rocha reivindica, em Brasília, resolução para o assoreamento do rio Taquari, na região norte
Por Redação Publicado 25 de fevereiro de 2019 às 15:27hs
Deputado esteve com ministro do meio ambiente, governador do Estado e prefeitos

Deputado esteve com ministro do meio ambiente, governador do Estado e prefeitos.

Em sua estadia em Brasília para agendas em prol de benfeitorias para Mato Grosso do Sul, o deputado Eduardo Rocha esteve com ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, para falar sobre o assoreamento do rio Taquari.

Esse problema atinge e preocupa vários municípios sul-mato-grossenses, na região norte do Estado.

O parlamentar debateu o tema nesta quarta-feira, juntamente com o governador do Estado, Reinaldo Azambuja, prefeitos das localidades atingidas e outras autoridades regionais, como Jaime Verruck, secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro). Todos foram recebidos pelo ministro.

A recuperação do rio Taquari vem sendo discutido no Estado há tempos, cujo assoreamento acumulado em 40 anos inundou permanentemente mais de 1,3 milhão de hectares no Pantanal, segundo informações do governo estadual.

“Este é um tema muito importante para nosso Estado e precisamos de ajuda do governo federal para salvar nosso rio Taquari. Saímos da reunião bem otimistas, de que em breve teremos uma resposta e ação positiva sobre esse problema”, destacou o parlamentar, vice presidente da Assembleia Legislativa de MS.

De acordo com a assessoria do governo do Estado, neste encontro, o ministro conheceu a proposta de recuperação da bacia hidrográfica. Segundo Azambuja, é prioridade absoluta do Ministério encontrar soluções para esse problema, que sejam factíveis e tenham horizonte de aplicação bastante curto.

O chefe do executivo estadual ressaltou que em janeiro deste ano, Ricardo Salles assumiu compromisso de viabilizar a recuperação da bacia hidrográfica com a liberação de parte de R$ 6 bilhões que estão num fundo criado pelo Governo Federal e que concentra dinheiro recebido de multas pagas por quem cometeu crimes ambientais pelo País.

Fonte : Assessoria Deputado Eduardo Rocha/Mariana Anjos
Foto: Assessoria Senadora Simone Tebet

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!