Dr. Wilson é idolatrado pela classe política de MS
Por André Farinha Publicado 13 de fevereiro de 2018 às 12:13hs
Wilson Barbosa Martins será homenageado em sessão solene na próxima segunda-feira. Foto: Arquivo Victor Chileno

A morte do ex-governador de Mato Grosso do Sul, Wilson Barbosa Martins, surpreendeu os familiares e amigos mais próximos do político. Segundo o relato da neta, Fabiana Martins Jallad, de 49 anos, o estado clínico do Dr. Wilson não vinha apresentando pioras para justificar o ocorrido. O óbito foi confirmado por volta das 06 horas desta terça-feira (13), na casa dele, em Campo Grande. Wilson tinha 100 anos de vida e desde 2014 estava acamado em decorrência de um AVC.

O governador do Estado, Reinaldo Azambuja, decretou luto oficial. “Mato Grosso do Sul perdeu hoje o ex-governador Wilson Barbosa Martins, um dos ícones da história política administrativa contemporânea. Além da sua trajetória política que ajudou na construção e desenvolvimento de MS, Wilson Martins foi um dos defensores do Movimento Divisionista, que culminou com a criação de MS, em 11 de outubro de 1977.”, disse em nota oficial.

A seccional de Mato Grosso do Sul da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MS) também lamentou a morte do Dr Wilson, que foi o primeiro presidente da instituição, de 1979 a 1981. “A família OAB/MS perdeu seu maior líder, o democrata dos democratas, o homem que inspirou gerações a fazer esse trabalho incansável em prol de toda sociedade. Um homem além do seu tempo, que tinha o dom de saber se expressar, em muitas vezes até mesmo com o olhar. Um homem que viveu todas as alegrias e tragédias da nação brasileira.”, lembrou o Presidente da OAB/MS, Mansour Elias Karmouche.

O MDB, partido que Wilson Barbosa Martins ajudou a fundar, também emitiu uma nota de pesar. “O Diretório Regional do Movimento Democrático Brasileiro de Mato Grosso do Sul comunica com pesar, aos seus filiados, simpatizantes, militantes e à população em geral o falecimento do ex-governador Wilson Barbosa Martins, um dos seus fundadores e referência maior na luta pela democracia e pela liberdade. Advogado e militante histórico das causas democráticas, Dr. Wilson foi prefeito, deputado federal, governador e senador, escrevendo uma das mais profícuas trajetórias políticas da história recente de nosso Estado. Os exemplos que deixa, orgulham o MDB que ajudou a fundar na luta em defesa do Estado de Direito e contra o autoritarismo. O partido, entristecido com seu falecimento, manifesta seu pesar e a solidariedade a seus familiares diante do infortúnio reafirmando o compromisso de manter acesos os mesmos ideais que sempre fizeram do dr. Wilson Barbosa Martins a mais iluminada de nossas lideranças.”.

Pelas redes sociais, políticos e lideranças partidárias comentaram a morte de Wilson, reconhecido como uma das figuras políticas mais importantes e influentes da história de MS. Entre os comentários destaque para o ex-governador André Puccinelli, que postou: “Quem fez da democracia seu Norte e da luta pela igualdade a razão de viver eterniza-se entre nós com líder. Dr. Wilson Barbosa Martins não nos deixa, pois seu legado de cidadão, chefe de família e político estará conosco a nos orientar sempre.”.

“Uma liderança construída na luta democrática não se extingue. Fica para sempre como exemplo inspirador entre os seus seguidores. Por isso teremos sempre entre nós a presença do Dr. Wilson Barbosa Martins, inspiração de todas as lutas democráticas. O seu falecimento entristece a todos e prestamos aqui solidariedade a todos os seus familiares, certos de que ele está ao lado do Criador, entre os justos, cuja vida souberam honrar com amor e respeito ao semelhante acima de tudo.”, postou o presidente da Assembleia Legislativa de MS, deputado estadual Júnior Mochi.

O deputado estadual Márcio Fernandes também comentou através da rede social. “Wilson Barbosa Martins permanece vivo no coração de cada um que carrega a gratidão e o reconhecimento pelo que ele fez por Mato Grosso do Sul. 100 anos de muita luta, história e um legado indiscutível! Descance em paz Dr. Wilson.”.

“Com muita tristeza, recebi a notícia da morte do eterno governador Wilson Barbosa Martins, um homem que teve papel importante na redemocratização do país e, por consequência, de Mato Grosso do Sul. Tive o orgulho de conviver com o Dr. Wilson nos tempos de MDB, mais tarde no PMDB, e testemunhei todo compromisso desse grande estadista com a democracia, com as instituições e com o Estado Democrático de Direito. Muito diferente do que vemos hoje, Wilson Barbosa Martins era um homem público com profundo senso de servir, que respeitava os jornalistas e incentivava a liberdade de expressão e de informação. Deixou um legado que deveria servir de modelo para aqueles que sonham em construir um nação forte, uma sociedade educada e um Estado com mais justiça social. Descanse em paz Dr. Wilson, nosso eterno governador.”, postou o deputado federal Geraldo Rezende.