Curso ensina ofício de barbeiro e cabelereiro para jovens na Capital
Por Redação Publicado 27 de abril de 2018 às 08:43hs

A Subsecretaria de Políticas para a Juventude (Subjuv), da Prefeitura de Campo Grande, desenvolve um novo projeto para que os jovens possam obter o conhecimento e investir em uma carreira profissional de sucesso, além de incentivar os participantes ao empreendedorismo.

Com o Curso de Barbeiro e Cabeleireiro, egressos das Unidades Educacionais de Internação (Uneis), indígenas, pessoas com algum tipo de deficiência física ou mental e, jovens que possuam baixa renda terão a oportunidade de conhecerem as técnicas e as tendências do universo da beleza masculina e feminina.

As oficinas serão ministradas pelo instrutor Marcos Rogério, que possui 25 anos de experiência, e acontecerão nas Subsecretarias de Defesa dos Direitos Humanos (SDHU) e de Políticas para as Mulheres (Semu), a partir dos dias 14 e 21, respectivamente.

“Projetos como este mostram a preocupação da Subsecretaria de Juventude na formação profissional do jovem. Conseguimos unir as subsecretarias em torno de um movimento só e fazer com que jovens voltem a acreditar em si mesmos e no potencial de trabalho. Há oportunidades para esses jovens e queremos fazer com que alcancem seus objetivos”, destacou o subsecretário de Políticas para a Juventude, Maicon Nogueira.

O curso tem como objetivo capacitar os jovens para atuarem como barbeiro (a) e cabeleireiro (a), em salões de beleza e barbearias, incentivando a atitude autônoma e exploratória diante do universo da beleza. O jovem que concluir os três meses de oficina estará apto a orientar clientes quanto à adequação do volume, forma e cor dos cabelos e barbas ao seu biótipo e estilo. Todos os formandos receberão certificado.

De acordo com o instrutor, a área da beleza está há mais de 20 anos crescendo. Ele lembra também que as pessoas que possuem a destreza de cortar barba e cabelo têm condições de trabalhar em qualquer lugar. “O que precisa é ter prática, mostrar com as mãos as habilidades. O bacana também é que se colocar uma cadeira e um espelho na varanda de casa, já é possível ganhar algum dinheiro”, explica Rogério.

As inscrições para participarem das oficinas são feitas na sede da Subjuv e as informações podem ser obtidas pelo telefone 3314-3577.