Curso de fabricação de ovos de páscoa garantirá renda extra a 600 famílias
Por Redação Publicado 9 de fevereiro de 2018 às 09:10hs

A primeira-dama de Campo Grande, Tatiana Trad, através do Fundo de Apoio a Comunidade – FAC, promove a partir do dia 13 de março, as oficinas do projeto “Páscoa para Viver e Ser Feliz”. Pelo menos 600 pessoas de diversas regiões da Capital, que hoje vivem em situação de vulnerabilidade social e econômica terão a oportunidade de participar das 16 oficinas de capacitação, que vão acontecer no refeitório do Instituto Mirim.

As oficinas atenderão as comunidades em geral, comprovadamente em estado de vulnerabilidade social, e idade mínima de 16 (dezesseis) anos.

Para a realização das inscrições as fichas serão disponibilizadas às lideranças comunitárias cadastradas junto ao FAC, em reunião prévia a ser realizada, para esclarecimento e orientação juntamente com a equipe de assistência social. Os formulários de inscrição terão que ser entregues junto ao FAC até o dia 5 (cinco) de março/2018 devidamente preenchidas pelo participante.

“No ano passado atendemos 300 mulheres, e devido à grande procura, nos desafiamos a dobrar os atendimentos para 2018”, ressalta Tatiana Trad, que também é presidente do Comitê Gestor do Fundo de Apoio a Comunidade. Durante o curso, também serão ministradas as instruções de Higiene e Manipulação de Alimentos.

Durante o curso, os participantes vão aprender a fabricar Ovos de Páscoa e Técnicas de Venda, proporcionando uma fonte de renda extra durante o período festivo.

No início da aula, cada participante receberá um kit contendo: 500gr de chocolate, forma de silicone, suporte, embalagem para venda e avental. Após sua utilização, cada aluno poderá levar o kit  para casa e, assim, dar início a produção de Ovos Caseiros para consumo ou comercialização.

A apresentação e metodologia do projeto “Páscoa para Viver e Ser Feliz” 2018 estão publicadas na edição desta quinta-feira (8) do Diário Oficial de Campo Grande – Diogrande.

Mais informações no FAC que fica localizado na Rua Anhanduí, 294 – Centro, ou pelo telefone 67  3314-3248.