Corinthians e São Paulo criam “novela Dudu”… Vale a pena?
Por Redação Publicado 9 de janeiro de 2015 às 17:40hs

dudu-lucas-uebel-getty

Corinthians e São Paulo criam “novela Dudu”… Vale a pena?

 

Dudu já jogou bem no Coritiba, foi convocado para Seleção Brasileira e teve um ótimo 2014 no Grêmio, mas fracassou na Ucrânia. Agora Corinthians e São Paulo travam disputa para contratá-lo e criam dúvidas se é necessário tanto esforço pelo atacante de 23 anos

Criar novelas é uma legítima paixão dos brasileiros e nem o futebol escapa disso – a nova invenção do futebol brasileiro é a “novela Dudu”. Os rivais Corinthians e São Paulo resolveram disputar, desde o ano passado, a contratação do atacante. Ele jogou no Grêmio em 2014, mas pertence ao Dínamo Kiev, que tem pedido pelo menos R$ 10 milhões. Vale a pena fazer todo esse esforço por Dudu?

Muricy aprova empenho do São Paulo em contratar Dudu

Aos 23 anos, Dudu apareceu para o grande público apenas na temporada passada, então deixa uma sensação de que “não é tudo isso”. Mas ele já tinha conseguido alguns sucessos na carreira, intercalando com temporadas ruins.

Dudu foi revelado pelo Cruzeiro em 2009 e já era promissor, mas foi emprestado para ganhar mais experiência no Coritiba em 2010. Foi quando fez sua primeira temporada boa. Disputou a Série B, atuou em 21 jogos e foi importante na conquista do acesso e do título.

Dudu voltou ao Cruzeiro em 2011, mas novamente ficou na reserva. O que elevou sua carreira foi o Mundial Sub-20 daquele ano, em que a Seleção Brasileira foi campeã. Ele era reserva, mas saiu do banco em todos jogos e se consolidou como promessa do futebol brasileiro. Ele inclusive defendeu a Seleção principal do Brasil em amistosos contra Gabão e Egito.

Foi isso que despertou atenção do Dínamo de Kiev, mas Dudu fracassou na Ucrânia. Na primeira temporada ele disputou cinco jogos e foi titular apenas uma vez. Nos dois anos seguintes ele até melhorou, mas saiu com péssimos números: disputou 26 jogos, sendo apenas 14 como titular nestas temporadas.

Então ficou fácil para o Grêmio conseguir o empréstimo de Dudu, já que o time ucraniano queria recuperar a carreira do atacante. E foi isso que aconteceu, ainda que o início não tenha sido tão fácil. No primeiro semestre ele disputou 10 jogos pelo Campeonato Gaúcho, deu duas assistências, fez três gols e saiu como vice-campeão, após derrota para o Inter na final. Já na Libertadores, em sete jogos, ele não deu passes para gol, marcou apenas duas vezes e teve médias piores de passes e cruzamentos, em comparação com os números dos estaduais.

Dudu no Grêmio em 2014 Aproveitamento
Jogos 35
Assistências certas 10,2%
Passes certos 80,3%
Cruzamentos certos 17,9%
Lançamentos certos 56,4%
Dribles certos 76,2%
Finalizações certas 38,1%
Gols 3
Desarmes certos 79,4%
Faltas recebidas 115

Mesmo assim Dudu ganhou moral com a torcida e conseguiu ser melhor ainda no segundo semestre, agora sob o comando de Felipão. As suas características ficaram bem refletidas nos números: como é um legítimo ponta, costuma acertar passes (80,3%) e arriscar muitos cruzamentos (95 ao todo, sendo 21 certos), além de ser perigoso nos dribles (76,2% certos). Também costuma brigar bem para marcar os laterais adversários (média de 79,4% de desarmes corretos). O principal ponto fraco é a baixa média de gols – fez apenas três em 35 jogos. Ele foi considerado o oitavo melhor atacante na premiação Bola de Prata, da revista Placar, o quinto entre os jogadores que atuam pelos lados do campo. Se for levado em conta apenas a temporada de 2014, vale a pena contratá-lo. Mas o valor é alto demais e não dá para ignorar o fracasso dele na Ucrânia.

Mas Corinthians e São Paulo resolveram investir. O time tricolor fez a melhor proposta, mas não convenceu o atacante. Dudu prefere atuar no time alvinegro, mas ainda não houve acerto com o Dínamo de Kiev. Se os ucranianos não reduzirem a pedida, os corintianos darão o negócio como encerrado. Ou seja, atualmente a negociação nem parece novela, já que está perto de um desfecho triste. Mas Corinthians e São Paulo entendem que vale a pena se esforçar para buscar o típico final feliz.

Allan Brito

ZapNews : Aqui a notícia é rápida!
Corinthians e São Paulo criam “novela Dudu”… Vale a pena?
Fonte: ZapNews