Chuva forte causa transtornos e falta de energia para moradores da Capital
Por Ariel Moreira Publicado 20 de abril de 2017 às 09:06hs

Ontem à noite (19), os campo-grandenses foram surpreendidos com uma forte tempestade de 159 milímetros em um período de apenas uma hora. As consequências dessa chuva foram graves principalmente para os moradores dos bairros Moreninhas IV, Universitário, Mario Covas, Rouxinóis e Jardim Canguru.

Entre as situações de alagamentos, houve quedas de árvores, muros e derrubada de motociclistas e carros. As principais ocorrências aconteceram na Avenida Gury Marques, próximo à Energisa. O congestionamento atingiu dois quilômetros e o Corpo de Bombeiros pediu reforço da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na interdição da rotatória que dá acesso à Avenida durando cerca de meia hora, ficando também o trânsito parado no trecho do KM 468.

A BR-163 ficou alagada, casas foram tomadas pela água e até militares do Corpo de Bombeiros ficaram ilhados. Em alguns bairros como o Mário Covas, a população sofreu por falta de energia elétrica.

O pátio do Centro de Educação Infantil (Ceinf) das Moreninhas ficou totalmente alagado e o muro foi derrubado pela água, sendo atendido pelo Corpo de Bombeiros tamanho o transtorno.

O volume da água também invadiu a enfermaria da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Universitário. A chuva parou por volta das 17h. Porém voltou com força às 18h, principalmente próximo ao bairro Santa Felicidade e parou novamente por volta das 19h. 

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a chuva forte continuará hoje (20) com previsão de pancadas de chuva e trovoadas isoladas. A temperatura mínima na Capital deve ficar em 21° C e a máxima à 29ºC.