Choque da PM chega em área ocupada por indígenas em Caarapó
Por Redação Publicado 2 de agosto de 2017 às 09:10hs

Cerca de 90 policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar seguiram na madrugada desta quarta-feira (2) para a propriedade rural ocupada por indígenas da aldeia Tey Kuê em Caarapó. São 60 policiais de Campo Grande e 30 de Dourados que devem auxiliar na desocupação de áreas ocupadas na região. Recentemente os indígenas tentaram ocupar a sede da fazenda Santa Maria, mas deixaram o local após a chegada de homens da Força Nacional de Segurança. Esta semana o clima foi de grande tensão na região com a ameaça de novas ocupações e policiais militares de Dourados chegaram a ir ao local com militares de Caarapó e houve uma reação por parte dos índios.

Conforme o jornal MSemfoco, conflitos rurais são comuns e no ano passado um indígena morreu e seis ficaram feridos na invasão da fazenda Yvu e no momento 17 propriedades rurais estão ocupadas por moradores da aldeia Tey Kuê. A Funai diz que as terras do território Dourados Amambai Peguá I, localizada nos municípios de Amambai, Caarapó e Laguna Carapã, e que tem uma área de 55.590 hectares, pertencem aos índios, já os fazendeiros questionam o estudo e defendem a revogação do laudo feito no ano passado.

Foto:Divulgação/PMMS