Centro de Castração é inaugurado com capacidade para 600 cirurgias por mês
Por Redação Publicado 20 de março de 2018 às 08:55hs

Foi inaugurado na manhã desta segunda-feira (19), o Centro de Castração de Cães e Gatos Sueli Craveiro de Sá, anexo ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).  Mais moderno, com uma nova sala e totalmente reformulado, o centro cirúrgico teve a capacidade de atendimento ampliada de 400 para 600 cirurgias por mês.

Durante a solenidade de entrega  da unidade, que contou com a presença de autoridades, servidores e representantes das Organizações Não Governamentais (ONGs) envolvidas com a causa animal, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, destacou a importância da retomada do desenvolvimento e execução de ações e políticas voltadas ao bem estar animal que atendem as reivindicações da sociedade, bem como às práticas de saúde pública.

“Hoje estamos entregando esse centro com a capacidade de atendimento ampliada, que era um pedido não só das ONGs, mas de toda a sociedade. Nós precisamos ter a consciência de que as políticas públicas devem ser executadas de maneira igualitária, a fim de proporcionar melhorias. E através desse instrumento, será possível ter um melhor controle populacional destes animais e, por sua vez, garantir o acesso dos serviços à população”, disse.

O prefeito lembrou ainda que o novo centro cirúrgico leva o nome de Sueli Craveiro de Sá, fundadora da ONG Cão Feliz, como uma forma de homenagear, na pessoa dela, todos aqueles que estão engajados com a causa animal e se dedicam ao cuidado.

Atual presidente da ONG Cão Feliz, a protetora Kelly Cristina Macedo, elogiou a iniciativa, a qual descreveu como um avanço e uma demonstração de que a gestão está sensível e comprometida com a causa animal.

“Eu, enquanto protetora e dedicada a causa animal, fico muito feliz de estar participando de um momento como este. Esse serviço é de fundamental importância para que a gente possa realmente ter um controle mais adequado da população animal e representa um avanço para nós. Estamos muito felizes e sabemos que muito ainda vai ser feito”, disse.

Ampliação

Segundo a coordenadora do CCZ, Iara Helena Domingos, com a inauguração do novo centro cirúrgico, será possível implantar o Programa de Esterilização Cirúrgica de Cães e Gatos do Município de Campo Grande, que prevê a castração de 200 cães por mês, além dos 600 felinos.

Segundo ela, a princípio, as castrações de cães devem ser realizadas em bairros carentes de Campo Grande, sendo 50 por semana. O objetivo também é levar orientações à comunidade sobre posse responsável e demais cuidados com os animais.

“Inicialmente,vamos continuar trabalhando com a castração de felinos através do agendamento por telefone e, posteriormente, a partir da instituição do programa, vamos ampliar ainda mais esse serviço”, explicou.

A estimativa é de que atualmente existam em Campo Grande 36 mil felinos e 165 mil cães. A meta é castrar ao menos 20% desta população por ano.

O agendamento para castração é aberto todo dia 20 de cada mês, e pode ser feito pelos telefones 3313-5003 e 3314-9500, em horário comercial.

Parceria

A reforma, ampliação e instrumentalização do centro contou com recursos provenientes de emendas dos seguintes parlamentares: deputado federal Fábio Trad, deputado estadual Márcio Fernandes e os vereadores Francisco Veterinário e William Maksound.