Campanha Violeta/Prata alertará sobre violência contra idosos
Por Redação Publicado 15 de junho de 2018 às 11:21hs
Renato Câmara é coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa

Foi sancionada a Lei 5.215, que institui o mês de combate a violência contra a pessoa idosa, denominado “Junho Violeta/Prata”, no Estado de Mato Grosso do Sul. A nova norma, de autoria do deputado Renato Câmara (PMDB), coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (15).

O objetivo da lei é sensibilizar e envolver a população no combate a violência contra as pessoas com 60 anos ou mais. “O mês de junho representará o período do ciclo anual, no qual serão reunidos esforços visando à conscientização sobre a importância do respeito à integridade física e psíquica dos idosos”, explicou o deputado.

Ainda está prevista a divulgação dos meios e canais destinados à denúncia ou representação de condutas que impliquem agressão aos direitos dos idosos. “Os idosos temem denunciar os seus agressores. Todo tipo de violência precisa ser denunciada e investigada, seja ela física, psicológica, sexual, abandono, negligência financeira e maus-tratos”, afirmou.

De acordo com Renato Câmara, a cor violeta significa espiritualidade, intuição, purificação, respeito, dignidade, piedade e transformação.  Já a prata representa sabedoria, franqueza e fidelidade.