Cabo Almi cobra do Procon resultado de fiscalização nos postos de combustíveis do MS
Por Redação Publicado 9 de julho de 2018 às 14:58hs

O deputado Cabo Almi(PT) apresentou requerimento à mesa diretora da Assembleia Legislativa para que seja encaminhado expediente ao Superintendente Regional do Procon-MS, Marcelo Monteiro Salomão, no sentido de informar se existe fiscalização junto aos postos de combustíveis que operam no Estado de Mato Grosso do Sul, com o intuito de verificar se a redução no preço do diesel está chegando ao consumidor final nas bombas com a redução de R$ 0,46 centavos, conforme acordo firmado e que deveria estar em prática desde o dia 31 de maio.

O parlamentar fez três questionamentos básicos, o primeiro, é se o Procon está fazendo a fiscalização periodicamente ou somente por meio de denúncias dos consumidores. O segundo questionamento se refere à quantidade de notificações ou sanções administrativas aplicadas pelo órgão fiscalizador por descumprimento de suas obrigações, e a terceira, se o Procon tem conhecimento de campanha publicitária informando aos consumidores que o desconto do valor do óleo diesel nas refinarias deve ser imediatamente repassado aos consumidores.

Vale ressaltar que a greve dos caminhoneiros que durou aproximadamente 10 dias, afetou profundamente diversos setores da economia do país. A insatisfação dos caminhoneiros com a nova política de elevado preço diário dos combustíveis adotada pelo governo e pela Petrobras mobilizou a categoria durante o mês de maio e contou com apoio da maioria da população brasileira.