Banda O Santo Chico faz show de lançamento de EP e prepara turnê nacional
Por Redação Publicado 3 de abril de 2018 às 12:32hs

Cinco jovens apaixonados pela música brasileira decidiram se unir em 2012 para criar seu próprio som. Daí surgiu O Santo Chico, que com seu rock’n’roll tropical e ácido já se apresentou em festivais e festas pelo Mato Grosso do Sul. No dia 13 de abril, o grupo lança seu primeiro EP, intitulado “Ensaio Sobre a Santidade”. O show será no 21 Bar e Lazer, a partir das 21h e a entrada custa R$ 10. Para participar da celebração, foram convidadas as bandas Catarse Retrô e Ilez.

O EP tem 5 músicas, sendo três composições próprias, “Francisco”, “Cafeshop” e “Nunca Vi Sorte”, e dois arranjos de músicas de artistas nacionais que representam grandes influências para a banda, “Eu Sou Neguinha”, de Caetano Veloso, e “Descobri Que Sou Um Anjo”, de Jorge Ben.

Cada canção tem sua própria história e identidade. “A primeira, ‘Francisco’ é uma composição minha com outros dois integrantes, do início da banda, que demos novos arranjos e lançaremos como inédita nesse trabalho. ‘Cafeshop’ eu compus para meu último amor. Ela é essa história, que começou num café, musicada. Já ‘Nunca Vi Sorte’ é uma parceria entre mim e Jerry Espíndola”, conta o vocalista, Begèt de Lucena.

As músicas para integrarem o EP foram escolhidas com bastante afinco. “Eu Sou Neguinha” representa a força do Brasil multicultural e “Descobri Que Sou Um Anjo”, marca a concepção do divino que o grupo leva para o palco. “Quanto a esses arranjos nós literalmente ‘caotificamos’ o que de mais singelo poderia haver nelas e as deixamos com a cara de nosso rock tropical”, afirma o percussionista Felipe Ceará.

“Ensaio Sobre a Santidade” transmite a essência da banda, a mistura de tudo o que alimenta musicalmente os integrantes e que reverterá em uma identidade própria. O material já foi lançado pela Ampi Produtora nas redes sociais e plataformas de streaming, como Spotify, Apple Music e Dezzer. Além disso, o conjunto prepara 5 videoclipes com cenas da apresentação ao vivo, misturadas com momentos íntimos e poesias.

Mais informações no evento do Facebook: https://www.facebook.com/events/419198798550997/

Turnê nacional

Aqui em Mato Grosso do Sul O Santo Chico já se apresentou no Som da Concha, Festival de Inverno de Bonito, ao lado de artistas regionais e nacionais, como Nação Zumbi, Chicão Castro, Curimba, entre outros. No fim de maio eles fazem show no Festival América do Sul.

Agora a prioridade da banda é alçar voo para fora das fronteiras sul-mato-grossenses aterrissando em novos Estados. A primeira parada será São Paulo, ainda no primeiro semestre deste ano. Eles ainda pretendem emendar shows no Rio de Janeiro ou Minas Gerais.

“Vai ser incrível poder compartilhar nosso som e nossa arte com uma galera já tão acostumada a acessar tanta coisa, assim conseguiremos tirar conclusões das expectativas que temos em relação ao público de lá”, comenta Ceará.

História

O Santo Chico começou em meados de 2012, após uma conversa no terreno de uma igreja entre Begèt e o baixista Rafael Taveira sobre a vontade mútua de se unir e fazer música a partir das referências que sempre tiveram. “Isso tudo ganhou ainda mais relevância com as propostas dos demais integrantes”, pontua o vocalista.

Segundo ele, o nome do grupo remete ao Brasil interiorano. “Essa força que o próprio rio São Francisco faz varando um sertão com aquele mundaréu de água. Mas vai além disso, abrange também o conceito que a gente leva para o palco de que O Santo Chico é o sexto ali, essa presença constante neste nosso modo de fazer música, de fazer show”.

Shows esses que são bastante performáticos. “Sempre tive essa relação intensa com a música. Estar no palco pra mim é e sempre será o melhor lugar, onde me sinto mais à vontade, pleno. Trazer a poesia e toda essa junção de elementos que nós levamos para o palco em cada show só confirma isso”, reflete Begèt.

Além dele, Rafael e Ceará, ainda integram O Santo Chico Luciano Armstrong, na guitarra e Guilherme Gonçalves (Napa), na bateria.

Ampi Produtora

A Ampi é uma produtora especializada em desenvolver estratégias para artistas e bandas no meio digital e também em produzir eventos culturais e de entretenimento. É uma das idealizadoras do Festival Multicultural Tropicanapa.

As músicas do EP “Ensaio Sobre a Santidade” podem ser ouvidas através dos links abaixo: Spotify – https://goo.gl/QqRHz5 Youtube – https://youtu.be/FE2aoG5hcTQ Deezer / AppleMusic / Itunes – https://goo.gl/ifyL5p