Apicultura: Senar/MS incentiva produção de pólen em propriedades rurais
Por Redação Publicado 29 de maio de 2017 às 18:48hs
Senar/MS incentiva produção de pólen em propriedades rurais

De 29 maio a 03 de junho o Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – vai oferecer 102 cursos de Formação Profissional Rural e Promoção Social em vários municípios de Mato Grosso do Sul.  Entre as qualificações, está o curso de Produção de Pólen que vai acontecer entre os dias 1° e 03 de junho, na Fazenda Campanário em Bodoquena.

O evento é uma parceria com o Sindicato Rural de Miranda e Bodoquena. “O curso traz os conhecimentos básicos para atingir uma boa produtividade das colmeias no que se refere ao pólen, apresentando técnicas de manejos adequadas, boas práticas de fabricação e gerenciamento adequado para se obterem bons lucros com mais essa importante atividade da cadeia produtiva apícola”, explica o médico veterinário e instrutor do Senar/MS, Gustavo Bijos.

De acordo com a Normativa nº 3, de 19 de janeiro de 2001, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (BRASIL, 2001), o pólen apícola é definido como o resultado da aglutinação do pólen das flores efetuada pelas abelhas operárias, mediante néctar e suas substâncias salivares, o qual é recolhido na entrada da colmeia. Ele é produzido através da instalação de coletores apropriados para que seja coletado com qualidade. A comercialização é realizada na forma in natura ou desidratada e qualquer pessoa pode consumir. O produto pode ser consumido misturado a sucos, vitaminas, salada, mel e de várias outras maneiras como por exemplo, em cápsulas. O pólen se tornou um dos “queridinhos” para quem se preocupa com uma alimentação mais saudável, como atletas e idosos. “As pessoas com intolerância à pólen devem consultar o seu médico antes de consumir”, orienta Bijos.

Podem participar do curso apicultores já na atividade e com alguma experiência em produção de mel e trabalhadores rurais. A programação é bem extensa e aborda assuntos como: propriedades nutricionais do pólen; Botânica; identificação dos vegetais para produção do pólen; seleção dos enxames para produção de pólen; preparo dos enxames para produção de pólen; instalação de coletor; processo de colheita do pólen; preparo do pólen após a colheita; desidratação e limpeza final do pólen; embalagem do pólen desidratado e armazenamento do pólen processado.

“O pólen é muito importante para a reprodução das plantas e as abelhas são responsáveis por 85% das transferências dele entre as mais diversas espécies vegetais do mundo. Portanto, a maior contribuição das abelhas para a humanidade é a polinização apícola em que ela carrega o pólen de flor em flor e assim auxilia as plantas na sua reprodução. O resultado desse trabalho são frutos mais pesados e saborosos, além de sementes viáveis que se tornarão novas plantas, contribuindo assim diretamente para a perpetuação das espécies”, destaca o instrutor.