Alunos do Senac fazem aula prática em pontos turísticos da Capital
Por Redação Publicado 24 de maio de 2017 às 13:42hs
Alunos do Senac durante a visita técnica na Capital

Alunos do curso Técnico em Guia de Turismo do Senac de Aquidauana, modalidade a distância, estiveram em Campo Grande na segunda-feira (22) para uma visita técnica aos pontos turísticos. A atividade faz parte da unidade curricular do curso e todo o planejamento foi realizado pelos estudantes.

“A visita técnica é uma forma de desenvolver a competência do aluno, para verificar na prática o trabalho do guia de turismo. Eles são acompanhados e avaliados por uma tutora e por um guia de turismo local, que apontam acertos e pontos de melhoria, o que precisa ser melhorado e todos os detalhes necessários a um bom guia. Tudo isso faz parte da metodologia do Senac, que trabalha a teoria e a prática articuladas. Os alunos saem preparados para o mercado de trabalho”, explica a gerente do Senac em Aquidauna, Ana Olíria Ferreira Alves.

A coordenadora pedagógica do curso, Cristiane Valdez Albuquerque, explica que algumas competências básicas à formação de guias de turismo foram observadas, como: embarque e desembarque de passageiros, procedimentos à bordo, relações interpessoais com o grupo, bem como o conhecimento dos aspectos históricos e geográficos da cidade. “Eles se comportam como guias e desenvolvem todo o processo de um atendimento ao turista que chega ao local e que deseja conhecer os pontos turísticos da cidade. Fizeram levantamentos de prédios históricos, pontos de referência e as apresentações durante o percurso”, afirma.

Os 54 alunos do curso visitaram o Horto Florestal, Mercadão Municipal, Parque das Nações Indígenas, Belmar Fidalgo, Prefeitura Municipal, Estação Ferroviária e Feira Central. A visita técnica já foi realizada na cidade de Aquidauana e Bonito e os próximos destinos incluem São Paulo (SP) e Foz do Iguaçu (PR), no próximo semestre.

O Curso

O curso tem duração de um ano e é uma exigência para quem pretende atuar como guia de turismo no Brasil. Para a aluna Fernanda Rodrigues Rocha, que mora em Bonito, cidade conhecida pelos atrativos naturais e que recebe milhares de turistas todos os anos, o curso é uma oportunidade para atuar na área, bastante promissora na cidade e região. “Aqui tenho várias opções para trabalhar no segmento do turismo, já conheço bem todos os passeios e, inclusive, já tenho emprego garantido quando terminar o curso. Estou muito satisfeita com a escolha que fiz, o curso é bem planejado e esse aperfeiçoamento com a prática é fundamental para sairmos preparados para atender à necessidade do mercado de trabalho”, diz.

O guia de turismo é o responsável pela recepção, condução, orientação e assistência de pessoas ou grupos durante traslados, passeios, visitas e viagens em âmbito local, regional e nacional. Esse profissional informa sobre aspectos socioculturais, históricos, ambientais e geográficos. Apresenta e organiza roteiros de visitas e itinerários turísticos, considerando os interesses e as necessidades do visitante. Atua em organizações públicas e privadas do segmento do turismo, tais como agências de viagem, operadoras turísticas, museus, centros culturais, parques naturais e temáticos, por meio da prestação de serviços autônomos, temporários ou contrato efetivo.

Estudar com possibilidade de flexibilização no horário e a um custo menor do que os cursos presenciais são uma das principais características da educação a distância, que tem conquistado cada vez mais a preferência dos brasileiros.