‘Alemão de Cumbica’ é internado após pousar em aeroporto da Alemanha
Por Redação Publicado 29 de março de 2017 às 10:55hs

Stephan Brode foi deportado no domingo e começou a gritar ao desembarcar no Aeroporto de Frankfurt. Ele morou três meses no aeroporto de Guarulhos e agredia passageiros.

O Turista alemão Stephan Brode, de 44 anos, que passou três meses morando no Aeroporto Internacional de Guarulhos, foi internado em uma clínica psiquiátrica após desembarcar em Frankfurt, na Alemanha, segundo jornais alemães.

Brode foi deportado do Brasil no domingo (26) após ter o visto vencido. Ele embarcou acompanhado por policiais alemães. Durante o tempo em que ficou em Cumbica, foi visto agredindo mulheres e revirando o lixo em busca de comida.

Quando chegou ao Aeroporto de Frankfurt, nesta segunda-feira, Stephan começou a gritar e acabou sendo internado na área de psiquiatria do Hospital Universitário de Frankfurt, segundo informou a polícia aos jornais “Bild”, “Frankfurter Allgemeine” e “Süddeutsche Zeitung’.

Deportado

Desde que chegou ao aeroporto, vindo do Marrocos, o alemão foi registrado pelas câmeras de segurança do aeroporto agredindo passageiros e funcionários do terminal. A polícia disse que ninguém registrou boletim de ocorrência e, por isso, ele não foi preso.

“Não sou boxeador”, chegou a dizer Brode à TV Globo sobre suas tentativas de bater nas pessoas.

Após o prazo de permanência de Brode expirar, a Justiça determinou sua prisão para deportação na sexta-feira (24). Ele foi levado, algemado, para uma sala da Polícia Federal, onde aguardou até este domingo.

O Consulado da Alemanha conseguiu entrar em contato com parentes do turista no país. Eles disseram que Brode sofre de esquizofrenia e, provavelmente, não está tomando os remédios para controlar a doença. Isso explicaria os surtos repentinos que ele tem.

O Consulado pagou as despesas da viagem para a Alemanha e disse que a família de Brode iria ressarcir os gastos.

Fonte: G1

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!