Advogado passa mal e morre a caminho de escritório em Campo Grande
Por Redação Publicado 2 de outubro de 2017 às 17:02hs

Morreu no final da manhã desta segunda-feira (2) em Campo Grande, o advogado João Catarino Tenório Novaes (67), vítima de infarto. O advogado estava em companhia da esposa, também advogada e um funcionário seguindo para seu escritório na Rua 26 de agosto. Quando passavam pelo Parque Pedro Pedrossian, proximidades do Banco do Brasil, João Catarino pediu que o funcionário parasse o carro pois não se sentia bem. Em seguida começou a vomitar com a situação se agravando, pessoas e policiais militares passaram a ajudar ao mesmo tempo em que o Corpo de Bombeiros era acionado.

Bombeiros e SAMU atenderam o caso fazendo várias manobras para recuperar a vítima, mas Catarino não voltou, morrendo no local. Segundo a esposa, João Catarino estava com problemas de saúde como diabetes, pressão alta e cardíacos. Especialista em direito previdenciário além de criminalista, João Catarino mantinha sua banca de advocacia no mesmo local há mais de 30 anos na Rua 26 de Agosto. O corpo foi encaminhado ao Serviço de Verificação de Óbito – SVO e a situação registrada no 3º DP como morte natural.