Ação da Prefeitura oportuniza a empresários melhorarem seus negócios
Por Redação Publicado 22 de junho de 2018 às 08:26hs

A Prefeitura de Campo Grande, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), vai promover uma ação para viabilizar a reforma dos prédios comerciais da Rua 14 de Julho, com o propósito de melhorias e benefícios aos comerciantes locais.

O objetivo é que o projeto reduza os possíveis impactos que a execução da obra do Reviva Campo Grande irá causar na área central.

“Já que vai haver a requalificação da área, e alguns comércios serão impactados coma rua fechada, que os comerciantes aproveitem o momento para também fazerem a requalificação dos seus espaços. Então, o Sebrae vai viabilizar o projeto e o Banco do Brasil, uma linha específica, por meio do FCO, que é uma linha subsidiada, com juros de cerca de 6,5% ao ano, para que os lojistas possam fazer a requalificação de seus espaços”, explicou a diretora-executiva de Planejamento e Gestão Estratégica, Catiana Sabadin.

O diretor superintendente do Sebrae, Cláudio Mendonça, salientou que com as melhorias, os empresários terão mais oportunidade de negócios.

“Não adianta haver um investimentos de R$ 56 milhões na revitalização da rua se o meu negócio não acompanhar essa evolução. A ideia é levar para os empresários que vão ser impactados diretamente pelo Reviva Campo Grande uma proposta de melhorar o layout de suas lojas, a apresentação de sues produtos, e assim atrair mais clientes. O resumo é isso, levar uma consultoria para dentro da loja”, disse.

Também são parceiros do projeto Governo do Estado, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Banco do Brasil e Federação das Associações Empresariais de Mato Grosso do Sul (Faems).