Esportistas agradecem Chiquinho Telles por incentivar futebol amador
Por Redação Publicado 8 de agosto de 2018 às 10:00hs

Na noite desta segunda-feira (6/8), foi realizada Sessão Solene de outorga da Medalha Legislativa “Lázaro Ivanildo Grisoste Barbosa”, em comemoração ao Dia do Futebol Amador. O líder do prefeito na Câmara Municipal, vereador Chiquinho Telles (PSD), é lembrado no meio esportivo como um grande apoiador do esporte amador.

Ao entregar as medalhas para Ademir Jovino e Leonardo Luis Gomes Pereira, Chiquinho Telles estendeu as homenagens a todos os esportistas que são apaixonados pelo futebol amador, e veem na prática um meio de integração.

Para Leonardo Pereira, foi uma emoção ímpar receber uma medalha tão honrosa. Ele nasceu em Campo Grande, mas começou a jogar bola aos 10 anos de idade, em Santa Catarina, quando ingressou na escolinha de futebol.

Ao retornar para Campo Grande, fez um teste no Operário Futebol Clube, virando profissional aos 17 anos. “Porém, tive que me desligar do futebol pelo fato de, na época, ter que trabalhar para ajudar a minha mãe”, recordou.

Mas o amor de Leonardo pelo futebol falou mais alto, por isso, “retornei aos campos, jogando o futebol amador”.

Com relação à ligação que Chiquinho Telles tem com o futebol amador, e de ser  apoiador do projeto social “Craques do Amanhã’, Leonardo considera um incentivo para as crianças. “Evita que elas busquem as coisas ruins, estimulando que procurem as coisas boas que têm no esporte”.

Segundo Leonardo, é Deus que dá sabedoria para homens públicos como Chiquinho Telles de investirem no esporte, por ser uma chance de inclusão social, afastando principalmente as crianças do mundo das drogas.

Emoção

O homenageado Ademir Jovino também pratica o futebol desde aos 10 anos de idade. Ele desenvolve, no Nova Lima, o projeto social “Novo Brasil”, que dá oportunidade para cerca de 190 crianças de não só jogarem bola, mas de terem uma formação saudável. “Nesses 25 anos de trabalho social, nunca tive um reconhecimento sequer. Agora, aos 57 anos, fico emocionado de ter o meu nome lembrado por Chiquinho Telles para receber essa homenagem”.

Projetos sociais como Novo Brasil e Craques do Amanhã, ressaltou Ademir, fazem a diferença na vida dos alunos. “Além de afastarmos crianças e adolescentes das drogas, despertamos neles a vontade de buscar o melhor para suas vidas”.